terça-feira, 18 de junho de 2024

Cinco filmes de ação com Tom Cruise para ver antes (ou depois) de ‘Top Gun: Maverick’

Top Gun: Maverick já era sucesso antes mesmo de estrear. Agora que está em cartaz nos cinemas do mundo inteiro, segue colecionando ótimas críticas, com Tom Cruise mais uma vez entregando muita ação o mais real possível. E como o nome do ator já é sinônimo de bons filmes do gênero, trouxemos uma lista com mais cinco filmes protagonizados por ele para os cinéfilos assistirem antes (ou depois) da continuação de Top Gun.

Tom Cruise é conhecido por fazer grande parte das cenas de ação de seus filmes, dispensando muitas vezes o uso de dublês. Por exemplo, para [spoiler do que vem abaixo na lista] Missão: Impossível – Efeito Fallout, o ator aprendeu a pilotar helicópteros; já para Top Gun: Maverick, ele aprendeu a pilotar caças para fazer as cenas em um caça de verdade, e não em um estúdio com tela verde. Em Missão: Impossível – Nação Secreta, Cruise simplesmente ficou pendurado do lado de fora de um avião, da decolagem até a altura de 5 mil pés no ar (cerca de 1,5 km), preso apenas por cabo de segurança.

Ele se supera a cada novo filme, e os fãs do cinema de ação é que agradecem. E sem mais delongas, prepare a pipoca, que a lista vem aí.

Top Gun: Ases Indomáveis (Star+ e Globoplay)

Foto: Divulgação/Paramount Pictures

Lançado em 1986, Top Gun: Ases Indomáveis é o que pode se chamar de clássico do cinema de ação. À época, Tom Cruise tinha 23 anos e já demonstrava que se embrenharia pelo lado do gênero no qual hoje seu nome é sinônimo.

No filme, Cruise vive Pete “Maverick” Mitchell, um jovem e potencial piloto que é enviado para a escola naval de pilotos dos Estados Unidos, onde estão os “melhores dos melhores”. Porém, Maverick mostra um comportamento irresponsável, arrogante e um gênio forte, que o fará entrar em desacordo com alguns pilotos, como Iceman. Além disso, Pete ainda quer ganhar o coração de sua instrutora de voo, Charlotte Blackwood.

A continuação, Top Gun: Maverick, está em cartaz nos cinemas.

No Limite do Amanhã (HBO Max)

Foto: Divulgação/Warner Bros. Pictures

Se você gosta de um bom filme de ficção científica com muita ação, No Limite do Amanhã (Edge of Tomorrow, 2014) é um prato cheio. O filme, que é uma adaptação do mangá All You Need is Kill, foi tão surpreendentemente bem recebido que há anos o público pede uma sequência – que foi confirmada em 2019, mas que até agora não passou disso. Conflitos de agenda dos atores e a questão monetária são entraves.

Na trama, Tom Cruise é o tenente-coronel Bill Cage, um oficial impetuoso que nunca foi a um combate e que é rebaixado à mera “bucha de canhão” para lutar numa guerra contra alienígenas sem nenhum preparo. Após morrer em cinco minutos, ele estranhamente volta ao dia em que chega no treinamento, e o ciclo vai se repetindo a cada morte, mostrando que ele está preso em um looping. Bill Cage então passa a treinar e a estudar uma forma de derrotar os alienígenas e salvar o mundo; isso com a ajuda de Rita Vrataski (Emily Blunt).

Colateral (Netflix, Amazon Prime Video e Globoplay)

Foto: Divulgação/Paramount Pictures

Acostumamos a ver Tom Cruise como mocinho, mas aqui ele é um assassino de aluguel frio e calculista a trabalho de um cartel do narcotráfico neste filme que mistura ação e suspense. Em Colateral (2004), Tom Cruise é Vincent, que “sequestra” o taxista Max (Jamie Foxx), obrigando-o a levá-lo até alguns locais, além de usá-lo como escudo humano. Uma noite simples se torna o maior pesadelo. Para os dois…

O filme rendeu ainda uma indicação ao Oscar para Jamie Foxx como melhor ator coadjuvante.

Jack Reacher: O Último Tiro (Netflix, Amazon Prime Video, Globoplay, Star+ e HBO Max)

Foto: Divulgação/Skydance e Paramount Pictures

Dos livros para as telonas. Este é Jack Reacher, personagem dos livros de Lee Child que recentemente ganhou uma série na Amazon Prime Video, mas que há 10 anos foi vivido nos cinemas por Tom Cruise.

Em Jack Reacher: O Último Tiro (2012), um atirador de elite, preso após matar cinco pessoas ao mesmo tempo, disse no interrogatório apenas duas palavras: Jack Reacher. Então o ex-combatente, que desapareceu do mapa, surge novamente para investigar o crime, suas causas e o porquê de ter seu nome citado no interrogatório do atirador de elite. Isso tudo à base de muito tiro, porrada e ação, no melhor estilo Tom Cruise.

O filme ainda ganhou uma sequência em 2016, chamada Jack Reacher: Sem Retorno e que é tão boa quanto. Vale a conferida.

Missão: Impossível Efeito Fallout (Star+ e Amazon Prime Video)

Foto: Divulgação/Skydance e Paramount Pictures

Pensou em Tom Cruise, pensou em Missão: Impossível. A franquia já conta com seis filmes, e o sétimo (intitulado de Acerto de Contas – parte um) chega aos cinemas em 2023 e já ganhou até um teaser trailer divulgado esta semana. Missão: Impossível – Efeito Fallout (2018) é justamente o sexto filme da franquia, que contou com cenas de ação absurdas.

Na trama, Tom Cruise vive novamente o espião Ethan Hunt, que, em uma missão, decide salvar sua equipe ao invés de recuperar plutônio roubado. Com as armas nucleares nas mãos erradas, ele e sua equipe precisam se aliar a um agente de caráter duvidoso da CIA (vivido por Henry Cavill).

Bônus: Missão: Impossível Protocolo Fantasma (Star+ e Amazon Prime Video)

Foto: Divulgação/Skydance e Paramount Pictures

A franquia em si já é ótima, se superando em matéria de ação a cada novo filme. Mas o quarto filme, Missão: Impossível – Protocolo Fantasma (2011), precisava pelo menos de uma menção honrosa nesta lista.

Espiões já agem nas sombras. Imagine então espiões agindo sem tantos recursos após sua agência ter sido fechada. Esse é o enredo deste filme, que conta com muita espionagem e ótimas cenas de ação, sendo para muitos o melhor da franquia. Ainda vale a lembrança de que Tom Cruise escalou, ele mesmo, o prédio mais alto do mundo nesse filme: o Burj Khalifa, em Dubai.

Outros Posts