segunda-feira, 20 de maio de 2024

PRF realiza entrega de cabelos doados na Campanha ‘Uma parte de nós’

Na manhã desta sexta-feira (4), houve a entrega de cabelos recebidos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), durante o mês de outubro, na campanha solidária “Uma parte de nós”. A Toque de Vida, associação cearense das mastectomizadas, foi a instituição escolhida para receber a doação que se transformará em perucas para mulheres em tratamento do câncer de mama.

Durante o mês de outubro, a PRF realizou a campanha “Uma parte de nós”, com vistas à conscientização e ao estímulo de doação de cabelos por parte de suas servidoras e sociedade em geral. A ação conseguiu 4 doações, sendo uma delas de uma criança de 10 anos de idade. “Eu falei pra minha mamãe que queria mudar meu visual e ao mesmo tempo saber que meu cabelo ia ajudar as pessoas que passavam pelo câncer”, disse Fernanda Manoela.

Em todo o Brasil, a PRF promoveu a doação de cabelos para a causa. No Ceará, servidoras da PRF também fizeram doações. “Como policial mulher, é um orgulho saber que a Polícia Rodoviária Federal está participando de uma campanha tão grandiosa. É importante frisar que outubro é um mês de conscientização, mas o câncer acomete mulheres ao longo do ano, diariamente. É sempre tempo de doação!” Disse a PRF Rebeca Alves, que apoiou a campanha no Ceará.

Banco de empréstimo de perucas

A Associação Cearense das mastectomizadas – Toque de Vida atua há 29 anos na prevenção e combate ao câncer de mama, em Fortaleza e algumas cidades do interior do Ceará, proporcionando acolhimento e orientação às mulheres que passam por esse momento sensível da sua saúde.

Entre as muitas ações desenvolvidas pela associação, a Toque de Vida mantém um banco de empréstimo de perucas, onde as pacientes que estão sofrendo as consequências estéticas do tratamento do câncer podem ter sua dor minimizada por meio das perucas, que são disponibilizadas gratuitamente.

Atualmente o banco de perucas conta com mais de 75 unidades, todas produzidas por voluntários. “É um momento de muita fragilidade na autoestima da mulher; com as perucas elas se sentem menos expostas e mais poderosas”, afirma Mary Dias, presidente da associação, que também já enfrentou o câncer de mama.

Outros Posts