domingo, 25 de fevereiro de 2024

Álbum da Copa do Mundo de 2022 já é febre entre colecionadores

A Copa do Mundo deste ano acontecerá no Catar, entre 20 de novembro e 18 de dezembro. E com a proximidade do grande evento esportivo, chega também o álbum, uma febre recorrente a cada quatro anos e que sempre vai ganhando novos adeptos. No Cariri Shopping, em Juazeiro do Norte, há um stand exclusivo para vendas do álbum e das figurinhas.

Não importa a idade; sejam crianças, adolescentes, adultos, idosos… Colecionar álbuns de Copas do Mundo é uma paixão. E além de sorte, envolve também uma dose de negociação. Cada pacote possui cinco figurinhas, e obviamente, com o acúmulo de compras de pacotes, aparecerão figurinhas repetidas. Para evitar esse acúmulo e conseguir as figurinhas que ainda não se tem, os colecionadores realizam trocas entre si, no intuito de todos conseguirem completar o álbum – para isso, são necessárias 670 figurinhas.

Foto: Rodolfo Andrade

O freestyler Daniel Correia seguiu os passos do pai. Com exclusividade para o Portal Badalo, ele mostrou sua coleção, herdada do pai e até mesmo do primo do pai, incluindo até um álbum da Copa de 1970. Daniel contou que começou a levar a sério o objetivo de completar os álbuns a partir da Copa do Mundo de 2014.

“O meu pai é apaixonado por futebol desde sempre, então eu já nasci herdando isso dele. Ele sempre se empolgou para colecionar álbuns da Copa, já tinha algumas relíquias de antes de eu nascer, e aí eu só dei continuidade. Quando chega a Copa do Mundo, eu fico muito empolgado. É uma época que eu tento vivenciar com o máximo de intensidade, e o álbum é sempre o ápice dessa empolgação, que é quando você vê os jogadores, você se empolga alguns meses antes da Copa e acaba conferindo toda essa energia nesse item, que é o álbum da Copa”, confidenciou.

Foto: Rodolfo Andrade

Daniel completou seu primeiro álbum em 2014, e perguntado sobre qual foi a sensação, ele respondeu que “Foi muito doido. Porque, assim, você gasta muito comprando as figurinhas, e começam a vir as repetidas, e você tem que ir trocando, encontrando pessoas que tem as figurinhas que você precisa… Então é uma sensação muito incrível, porque é realmente uma aventura”.

Cada álbum da Copa do Mundo de 2022 custa R$ 12. Já os pacotes com cinco figurinhas cada custam R$ 4, o dobro do valor cobrado em relação ao álbum da última Copa, que ocorreu em 2018 na Rússia. Hoje, se o colecionador não pegasse nenhuma figurinha repetida, ele gastaria, nesse cenário praticamente impossível, R$ 536 em 134 pacotes para completar o álbum.

Outros Posts