domingo, 26 de maio de 2024

Yury do Paredão confima expulsão do PL

O Deputado Federal Yury do Paredão (PL) confirmou em suas redes sociais nesta tarde (20), que será expulso do Partido Liberal. Desde sua campanha em 2022 e mesmo estando no partido do presidenciável Jair Messias Bolsonaro, Yury manteve postura neutra, trabalhando apenas em prol de sua campanha.

Desde que iniciou seu mandato, o único deputado federal de Juazeiro do Norte manteve sua postura e dialogou com o governo do presidente Lula (PT), até votando a favor em algumas pautas do governo, indo contra a determinação do seu partido.

O estopim para a expulsão do partido foi Yury fazer o “L” em uma foto ao lado dos Ministros Paulo Pimenta (Comunicação Social) e Waldez Góes (Desenvolvimento Regional). Também posaram na foto a vice-governadora do Ceará, Jade Romero; o secretário de Recursos Hídricos, Robério Monteiro; e o deputado Pedro Campos. A foto foi publicada na quinta-feira (13), durante a inauguração do novo sistema de bombas da transposição do Rio São Francisco, em Salgueiro-PE.

Em suas redes sociais, Yury ressaltou que vai continuar fazendo política com diálogo, sem radicalismo e com tolerância. “Hoje estive com o presidente do PL, Valdemar Costa Neto, o qual me afirmou que serei expulso do partido. Respeito a decisão do presidente. E agradeço a oportunidade dada na eleição de 2022. Sigo como deputado federal defendendo a democracia, fazendo política com diálogo, respeito, sem radicalismo, com tolerância, e defendendo as ações dos governos que tragam melhorias para o povo brasileiro”, relatou o deputado.

Outros Posts