segunda-feira, 15 de julho de 2024

Vigilância Sanitária orienta comerciantes a suspenderem venda de maionese da marca Fugini

A Secretaria de Saúde de Juazeiro, por meio da Vigilância Sanitária, orienta que os comerciantes atacadistas e varejistas suspendam a venda da maionese da marca Fugini. A medida segue recomendação da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa), publicada no Diário Oficial, em 30 de março, e vale para os lotes com vencimento em janeiro, fevereiro ou março de 2024, produzidos na fábrica de Monte Alto, em São Paulo.

A proibição também cabe a todos os lotes que irão vencer em dezembro de 2023, com a numeração da embalagem iniciada por 354. De acordo com a Anvisa, a empresa teria utilizado corante vencido na fabricação da maionese, além de falhas graves relacionadas à higiene, controle de qualidade e segurança das matérias-primas, entre outros.

O coordenador de Vigilância Sanitária, Éverton Alves, disse que o Município vai intensificar as ações na rede de comércio e que todos os produtos deverão ser recolhidos. “A recomendação é de que os comerciantes realizem a logística reversa, que é fazer a devolução dos produtos adquiridos para a fábrica. Já os consumidores, que por ventura, tenham comprado, podem devolver os produtos para o comércio”, esclarece Éverton.

Outros Posts