domingo, 14 de julho de 2024

Trabalho das Polícias cearenses resulta na redução de 10,2% nos roubos em outubro de 2022

O empenho das Forças de Segurança em coibir as ações criminosas na cidade de Fortaleza resultou na redução de 10,2% nos Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP), no mês de outubro de 2022. Foram 2.474 casos registrados contra 2.756, em comparação ao mesmo período do ano passado. O CVP agrupa todos os tipos de roubos, exceto o latrocínio, quando há roubo com resultado morte.

Os dados são gerados mensalmente pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp), instituição vinculada à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Conforme a Geesp, o Ceará também apresentou diminuição de 8,1% no décimo mês deste ano, nos Crimes Violentos Contra o Patrimônio. Foram 3.669 registros de crimes em outubro de 2022, contra 3.994, no mesmo período no ano passado. Os dados positivos, conforme o secretário executivo da SSPDS, Samuel Elânio, devem-se à atuação efetiva e preventiva das Forças de Segurança do Estado.

Essa redução impacta diretamente na segurança pública, na sensação de segurança da população cearense. Isso prova a atuação efetiva e eficiente das nossas Polícias, atentando, principalmente, para os corredores comerciais, seja na Grande Fortaleza ou em regiões do Norte e Sul do Estado. É importante destacar também a presença preventiva da Polícia Militar e suas ações efetivas e repressivas no sentido de prender pessoas envolvidas nesses tipos de crimes. Estamos evoluindo e cada dia crescendo mais em prol de uma melhor segurança pública no estado do Ceará”, destaca.

Na Região Norte, a retração foi de 20,3%, quando 263 casos foram registrados, contra 330 do mesmo período de 2021. O Interior Sul apresentou uma variação de 6,1%, com 264 casos registrados ano passado e 280 em outubro deste ano.

Demais regiões

No acumulado do ano, todos os territórios apresentaram balanço positivo. Na Região Sul, de janeiro a outubro de 2022, a queda foi de 18,4%, indo de 3.044 casos em 2021 para 2.485 em 2022. Já a retração da Região Norte foi de 15,4%, com 3.074 casos, de janeiro a outubro deste ano, contra 3.633 em comparação com o mesmo período do ano passado.

Nas cidades da Região Metropolitana de Fortaleza também houve redução dos Crimes Violentos Contra o Patrimônio. A queda foi de 4,7%, com 6.620 casos de janeiro a outubro de 2022, contra 6.946 ocorrências registradas no mesmo período de 2021. A retração na Capital foi de 3,8%, indo de 26.795 para 25.772. No Ceará, a diminuição foi de 6,1%, indo de 40.418 para 37.951. Um total de 2.767 crimes a menos.

Outros Posts