quarta-feira, 29 de maio de 2024

Seduc realiza aula inaugural da iniciativa PreparaITA para alunos de escolas militares

A Secretaria da Educação (Seduc) realizou, nesta sexta-feira (12), a aula inaugural da iniciativa PreparaITA Ceará, ação desenvolvida junto a instituições educacionais parceiras, com o objetivo de preparar estudantes da rede pública estadual para a seletiva de acesso aos cursos de Ensino Superior do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). O público-alvo, na ocasião, foi constituído por alunos dos Colégios Militares estaduais situados em Fortaleza, Maracanaú, Sobral e Juazeiro do Norte.

A solenidade foi realizada no Auditório Murilo Aguiar, localizado na Assembleia Legislativa do Ceará, em Fortaleza, e contou com a presença do secretário executivo de Equidade e Direitos Humanos, Helder Nogueira. Também estiveram presentes a secretária da Juventude, Adelita Monteiro; a secretária da Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Sandra Monteiro; o diretor superintendente na Organização Educacional Farias Brito, Tales de Sá Cavalcante; o diretor executivo do Instituto de Estudos e Pesquisas sobre o Desenvolvimento do Estado do Ceará (Inesp), João Milton Cunha; além dos comandantes e diretores do Colégio Militar do Corpo de Bombeiros e dos Colégios da Polícia Militar do Ceará.

O PreparaITA atua em duas frentes: uma desenvolvida na Escola de Ensino Médio em Tempo Integral (EEMTI) Jenny Gomes, em que alunos de Fortaleza e da região metropolitana participam de um processo seletivo para compor duas turmas de 2ª série do Ensino Médio. Os professores da própria escola, vinculados à Secretaria da Educação, recebem apoio e orientação técnico-pedagógica do Sistema Ari de Sá, enquanto os estudantes obtêm o material didático, de forma gratuita.

A segunda frente abrange as turmas de 9° ano e 1ª série dos Colégios Militares de Fortaleza (duas unidades), Maracanaú, Sobral e Juazeiro do Norte (totalizando cinco escolas ao todo), apoiadas pela Organização Educacional Farias Brito, em alinhamento com os currículos das unidades de ensino. Em ambas as frentes, não há transferência de renda entre a Secretaria e as instituições citadas.

 

Outros Posts