domingo, 16 de junho de 2024

Secult Ceará diploma missãovelhese, Mestre Cícero, como Tesouro Vivo da Cultura do Ceará

Pela primeira vez na história de Missão Velha, o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult Ceará), diplomou o primeiro mestre da cultura Missãovelhense, o Mestre Cícero. A solenidade aconteceu nesta segunda-feira (19), consolidando a ampliação de 80 para 100 do número de Mestres e Mestras da Cultura.

A cerimônia realizada no Centro Cultural Cariri Sérvulo Esmeraldo, equipamento da Rede Pública de Equipamentos Culturais do Ceará, contou com a presença do secretário da Cultura, Fabiano Piúba, diplomando os novos Tesouros Vivos da Cultura, sendo 25 pessoas naturais, dois grupos e uma coletividade que receberam a titulação, com o objetivo de preservar a memória cultural e garantir a transmissão de seus saberes e fazeres artísticos e culturais.

O prefeito municipal de Missão Velha, Rosemberg Macedo (Dr. Lorim), esteve presente na diplomação acompanhado do secretário de cultura, Vagner Lima e do secretário de comunicação, Manoel Filho. Na oportunidade o prefeito destacou a importância do reconhecimento para a cultura do município. “Com o empenho da Secretaria de Cultura e Turismo, que inscreveu o Mestre Cícero no edital, “Tesouro Vivo da Cultura”, o municipio comemora o título do primeiro Mestre da Cultura de Missao Velha”, disse Dr. Lorim.

Os novos Mestres e Mestras da Cultura do Ceará foram selecionados por meio do XII Edital dos “Tesouros Vivos da Cultura” do Estado do Ceará, pela Coordenadoria de Patrimônio Cultural e Memória da Secult Ceará. Após apresentação de propostas pela sociedade civil, os Mestres e Mestras passam a contar com reconhecimento institucional e recebem um subsídio no valor de um salário mínimo mensal, como auxílio para a manutenção de suas atividades e para a transmissão de seus saberes e fazeres.

Mestre Cícero Ribeiro de Menezes
Banda Cabaçal | Missão Velha
Filho de José Ribeiro de Menezes e de Natália Maria de Menezes, Mestre Cícero nasceu no em 1967, no município de Missão Velha. Aprendeu a tocar na banda de pífano com seu pai, aos 8 anos de idade. Com a morte de seu pai, ficou responsável pelo repasse dos seus saberes e há 40 anos comanda a Banda Cabaçal São José de Missão Velha – CE, que possui 189 anos de existência na família, sendo fundada oficialmente em 1934 e composta por músicos da família e outros moradores do município de Missão Velha, atuando em festejos religiosos, eventos culturais na região do Cariri e outros estados. Mestre Cícero é reconhecido pelo seu vasto conhecimento do repertório das bandas cabaçais e por ser um exímio pifeiro, além de ser construtor de instrumentos à moda antiga. Sem utilizar ferramentas modernas, ele constrói belíssimas zabumbas com troncos de árvores e é um exímio dançarino e profundo conhecedor das artes das bandas cabaçais, que não se limita apenas à música, mas é de fato um espetáculo de dança, teatro, música e artesania.

Outros Posts