sábado, 02 de março de 2024

Reitor da URCA toma posse nesta sexta-feira, 09, como presidente da Abruem

Após mais de duas décadas sem ter um reitor cearense à frente da Associação Brasileira de Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (Abruem), será realizada nesta sexta-feira, 09, às 19h30, no Salão de Atos da Universidade Regional do Cariri (URCA), a solenidade de posse com o novo presidente da entidade, o Reitor da URCA, Francisco do Ó de Lima Júnior. A solenidade contará com a presença de cerca de 17 reitores de universidades do país, além da Governadora Izolda Cela. O Reitor foi eleito em maio deste ano, por unanimidade, durante o 67º Fórum Brasileiro de Reitores das Universidades Estaduais e Municipais, em Maceió – AL. A diretoria foi eleita para o biênio 2022-2024.

O primeiro Reitor cearense que esteve no cargo foi o Professor Manassés Claudino, da Universidade Estadual do Ceará (UECE), presidente da ABRUEM há 22 anos. O professor Lima Júnior destacou, na ocasião, destacou o papel da entidade, ao mesmo tempo em que dá o tom dos direcionamentos dos trabalhos. “Estamos à frente de uma Diretoria que expressa a diversidade, heterogeneidade e inserção interiorizada das filiadas da ABRUEM”, disse ele. Como vice-presidente, foi eleito na chapa, o Professor Odilon Máximo, Reitor da Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL), que também é cearense, nascido em Várzea Alegre.

Outro aspecto importante relacionado à nova diretoria, segundo o presidente eleito, é a presença marcante das mulheres na chapa, com a maior partição já composta em uma diretoria da ABRUEM, o que demonstra, conforme Professor Lima Júnior, um bom equilíbrio entre as universidades estaduais e municipais e as cinco regiões do país representadas.

A nova diretoria foi eleita para o biênio 2022-2024 se pautou pelo diálogo e coletividade, dando um tom harmonioso ao processo de sucessão da Associação.  “Primamos por valorizar as possibilidades da heterogeneidade e diversidades que caracterizam nossas associadas, enaltecendo o papel de ação interiorizada e emancipatória, através da Educação Superior de qualidade que tem nos qualifica, não obstante os desafios”, explica o Reitor.

Fortalecimento institucional

Um dos principais aspectos da atuação da nova diretoria, estará direcionado ao fortalecimento institucional, com participação de todos, representatividade, diante da importância da ABRUEM. Para o Professor Lima Júnior, há um momento de transição política em nível macro nacional e nas nossas Unidades Federativas que transmite seus desdobramentos diretos sobre as Instituições de Ensino Superior Estaduais e Municipais.

Entre as ações que deverão estar na pauta dos próximos dois anos, estão a continuidade ao fortalecimento institucional, dando mais visibilidade à ABRUEM; promover as instituições filiadas no âmbito de suas particularidades (estaduais e municipais), diversidade e respectivas inserções territoriais; intensificar estratégias em defesa da autonomia das IES, que compõem a associação; integração interinstitucional entre filiadas e com outras instituições e associações, objetivando oportunidades às comunidades acadêmicas para atividades humanizadas, criativas, inovadoras, de valorização das culturas, além de intensificar as atuação das Câmaras Técnicas.

O novo presidente ainda enaltece o trabalho desempenhado pela atual Diretoria e as gestões anteriores, que em tempos desafiadores conduziram tão bem a Associação, juntamente com a equipe técnica, Secretaria e Secretaria Executiva.

O presidente Rodrigo Zanin espera ter contribuído e afirma só ter a agradecer o imenso aprendizado. Segundo ele, não se pode esquecer que nos últimos dois anos foi vivenciado um momento diferente, não apenas pela pandemia da Covid – 19, mas pela negação da ciência no Brasil, pelas dificuldades e modelo de financiamento da educação superior. “São todos os desafios que se tem necessidade, momento com a educação superior, que na Abruem poderia ser diferente”, disse ele. Zanin ainda aproveitou para agradecer a todos os reitores, e desejar um bom trabalho para a nova diretoria.

Mais sobre o Presidente eleito da ABRUEM

O Reitor Dr. Francisco do O’ de Lima é Professor Associado do Departamento de Economia da URCA (DE/URCA), economista formado pela URCA. Fez mestrado em Economia na Universidade Federal de Uberlândia/MG e doutorado em Desenvolvimento Econômico na Universidade Estadual de Campinas/SP. Realizou Estágio de Doutorado de um ano com Bolsa CAPES no Instituto de Geografia da Universidade de Innsbruck na Áustria, onde foi pesquisador visitante do Grupo de Estudos em Desenvolvimento Regional Sustentável. Atualmente está finalizando Pós-doutorado no Instituto de Economia da UNICAMP.

Foi Professor do Ensino Fundamental na Escola Estadual Adahil Barreto, em Cariús/CE, nos anos de 1995 e 1996.Com atuação na URCA desde 1996, quando chegou como estudante do Cursos de Ciências Econômicas, foi Diretor-Presidente do Centro Acadêmico Martins Filho, do seu curso, durante a gestão de 1998-1999. Foi Diretor-Presidente da Empresa Júnior de Economia (EJUCEC), primeira EJ da URCA (1999). Representou o Centro de Estudos Sociais Aplicados no CEPE e no CONSUNI. Durante a sua graduação em Economia, foi Bolsista de Iniciação Científica do Programa PIBIC/FUNCAP.

Foi Diretor Financeiro (2009/2010) e Pró-reitor de Administração da URCA (2014-2015), e Vice-reitor (2015-2019), na gestão do Prof. Dr. José Patrício Melo. Tem publicações e trabalha com temas de pesquisa na área de Economia e Desenvolvimento Econômico, com ênfase em Economia Política da Urbanização, Economia e Desenvolvimento Regional e Urbano, Planejamento Regional e Urbano, Economia do Ceará e do Cariri, explorando investigações como: território e desenvolvimento, espacialidades econômicas e rede urbana, transformações inter e intra urbanas, divisão espacial do trabalho no capitalismo contemporâneo.

 A ABRUEM

A Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (Abruem), criada em 1991, é uma das mais importantes entidades do Ensino Superior Brasileiro e da América Latina. Atuando diretamente em 22 Estados do Brasil, por meio de suas 47 universidades associadas, a Abruem busca aprofundar permanentemente as discussões de temas prioritários para a agenda do Ensino Superior, sempre almejando a harmonia entre Ensino, Pesquisa, Extensão, Inovação e Internacionalização. Foi criada por ocasião do XII Fórum de Reitores das Universidades Estaduais e Municipais Brasileiras, realizado na cidade de Maringá, Paraná.

Precedida pelo Fórum de Reitores, que fora constituído em meados dos anos 1980, a ação principal da Abruem tem sido proporcionar um espaço de encontro e discussão com aproximadamente 700 mil alunos regularmente matriculados – troquem informações, discutam e aprofundem temas prioritários da agenda do Ensino Superior e decidam sobre ações de interesse comum.

Outros Posts