sexta-feira, 24 de maio de 2024

Polícia Civil prende em flagrante grupo criminoso em posse de celulares furtados no Crato

Uma investigação minuciosa da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) resultou, na manhã deste sábado (15), na prisão de três homens e uma mulher, com idades de 27 e 37 anos, em posse de 33 celulares furtados. A ofensiva policial ocorreu após uma das noites do evento Expocrato que está acontecendo na cidade de Crato – Área Integrada de Segurança 19 (AIS 19) do Ceará. Os suspeitos foram presos em Juazeiro do Norte/CE e em Crato.

Segundo informações policiais, os dois primeiros suspeitos identificados como Anderson Islas da Silva Pimentel (27), e Eudes Silva de Oliveira (29), foram abordados, em Juazeiro do Norte, quando estavam em um veículo em deslocamento para uma pousada, onde estavam hospedados. Com eles, os policiais civis encontraram 10 aparelhos celulares – alguns estavam escondidos em um fundo falso do veículo, outros na pousada.

Com o aprofundamento das investigações, as equipes policiais se deslocaram para outro endereço de uma pousada, em Crato, onde flagraram os suspeitos identificados como Higor Leonardo da Silva (37) e Samara Galdino de Oliveira, em posse de 23 aparelhos celulares. Segundo apurações policiais, o grupo utilizava o mesmo “modus operandi” em vários eventos.

Conforme investigações policiais, coordenadas pelos Núcleos Operacional (NO) e de Inteligência (NI) do Departamento de Polícia Judiciária do Interior Sul (DPJI-Sul), com apoio da Delegacia Regional de Crato, o grupo criminoso, que já vinha sendo monitorado pela PC-CE, é oriundo do Rio Grande do Norte e atua em eventos pelos estados do Nordeste. Os levantamentos policiais apontam ainda, que alguns dos suspeitos já tinham sido presos e processados por crimes de receptação, furtos, roubos e associação criminosa.

No total, 33 celulares, dois veículos, papel alumínio e uma quantia em dinheiro foram apreendidos. Os suspeitos foram conduzidos para a Delegacia Regional de Crato, onde foram autuados em flagrante por furto e por associação criminosa. A PC-CE segue com as investigações com a finalidade de identificar e capturar outros indivíduos envolvidos na ação criminosa, bem como de identificar a quem pertencem  os aparelhos e restituir os celulares às vítimas.

Outros Posts