domingo, 14 de julho de 2024

Polícia Civil e Pefoce elucidam circunstâncias da morte de vereadora Yanny Brena

As investigações acerca das mortes da vereadora Yanny Brena Alencar, de 26 anos, e Rickson Pinto Lucena, de 27 anos, ocorridas no último dia 3 de março deste ano, em Juazeiro do Norte – Área Integrada de Segurança 19, foram encerradas com a conclusão do inquérito policial instaurado pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), por meio da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Juazeiro do Norte. A elucidação do caso contou com aliados fundamentais: os laudos periciais produzidos minuciosamente por profissionais da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce). A investigação foi concluída como feminicídio seguido de suicídio. O homem possuía antecedentes por posse ilegal de arma de fogo.

Os detalhes do trabalho conjunto foram apresentados, hoje (23), durante coletiva de imprensa realizada no auditório da Casa da Mulher Cearense de Juazeiro do Norte e contou com a participação do delegado geral da PC-CE, Márcio Gutiérrez; do perito geral da Pefoce, Júlio Torres; da diretora adjunta do Departamento de Proteção aos Grupos Vulneráveis (DPGV) da PC-CE, delegada Rebeca Nóbrega; da delegada titular da DDM de Juazeiro do Norte, Suerda Bezerra; além do supervisor médico do Núcleo da Pefoce de Juazeiro do Norte, o médico legista Joel Boechat de Morais; e do supervisor da Perícia Criminal da Pefoce em Juazeiro, Jardson Macedo.

No procedimento investigativo, que conta com mais de 400 páginas, foram ouvidas 25 testemunhas, como também foram analisadas mais de 60 horas de imagens de câmeras de segurança da rua onde aconteceu o fato e de outros locais da cidade. Elementos probatórios, além dos laudos periciais da Pefoce, também foram analisados e tiveram o intuito de esclarecer as causas mortis e a dinâmica dos fatos.

Os fatos

Os corpos dos dois foram localizados suspensos pelo pescoço e sentados, em um imóvel no bairro Lagoa Seca, em Juazeiro do Norte, no último dia 3 de março. Equipes da Polícia Civil, da Polícia Militar do Ceará (PMCE) e da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) foram acionadas e realizaram os primeiros levantamentos sobre o caso.

Laudo da Pefoce determinou causa das mortes

Durante os levantamentos policiais, a Polícia Civil recebeu da Perícia Forense os laudos cadavéricos dos corpos. Conforme o documento, as causas das mortes de Yanny e Rickson foram por asfixia. Os vestígios analisados esclarecem que a dinâmica mais provável é que as duas vítimas estavam no interior do imóvel, quando foram iniciados atos violentos, ou seja, as duas vítimas apresentavam, além dos ferimentos causados pelo enforcamento, outras lesões, as quais eram compatíveis com luta corporal anterior à morte. Embaixo das unhas de Yanny havia material genético de Rickson. Assim como embaixo das unhas dele havia material genético dela.

Durante a ação, Yanny teria recebido um golpe conhecido como “mata leão” e ficado inconsciente. Ela foi levada para a sala do imóvel, onde foi colocada em suspensão incompleta. Os vestígios apontam ainda que não havia sinais de arrombamento na residência que indicasse a presença de uma terceira pessoa no local. De acordo com os levantamentos periciais, Rickson teria cometido o feminicídio, tentou forjar uma situação de suicídio de Yanny, e concluiu o fato com o seu suicidio. Conforme investigação, a morte de Yanny teria ocorrido por volta de meia-noite do dia 3 de março. Já a morte de Rickson teria ocorrido após o fato, entre 4 e 8 horas do dia 3.

Laudo de extração de dados

Um aparelho gravador de imagens do interior do imóvel, que estava desconectado da rede elétrica, foi localizado pelas equipes na cena do crime e foi examinado pelo Núcleo de Perícia Tecnológica e Apoio Técnico (NPTAT) da Pefoce. Na ocasião, o laudo de extração de dados revelou, dentre outros achados, que o aparelho deixou de registrar as imagens às 17h32min, do dia 2 de março.

Conclusão

Conforme oitivas, a vítima já havia relatado para pessoas próximas a insatisfação com o relacionamento com Rickson e, um dia antes do crime, teria terminado a relação. Com o final das apurações e todos os laudos da Pefoce analisados, a Polícia Civil elucidou o caso como feminicídio seguido de suicidio.

Outros Posts