terça-feira, 18 de junho de 2024

Para ampliar vacinação no Ceará, Governo adere a estratégia do Unicef

O Governo do Ceará e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) assinaram, na quinta-feira (13), o Termo de Adesão à Estratégia de Busca Ativa Vacinal (BAV). Participaram da cerimônia a vice-governadora Jade Romero; o representante da Unicef no Brasil, Youssouf Abdel-Jelil; a secretária de Saúde do Estado, Tânia Mara Coelho; e outras autoridades.

Com o objetivo de incentivar os municípios a alcançar a cobertura vacinal conforme a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde (MS), a vice-governadora destacou: “Hoje nós consolidamos muito essa articulação, estamos conseguindo ser mais ativos na nossa política pública, estamos fazendo algo a mais. Essa iniciativa da Busca Vacinal Ativa mostra esse algo a mais. Essa estratégia da parceria é fundamental porque torna a nossa política de vacinação mais efetiva. Isso diz de erradicar doenças, de diminuir a entrada por síndromes respiratórias em hospitais. É a prevenção, é fortalecer a Atenção Primária da Saúde”.

A chefe de Saúde do Unicef no Brasil, Luciana Phebo, apontou a estratégia intersetorial como uma das principais para o trabalho que será promovido pela Unicef junto ao Governo do Ceará. “O Busca Ativa Vacinal tem o propósito de ir atrás das crianças que não estão vacinadas, ou que estão com vacinação incompleta. Uma das principais estratégias é promover a intersetorialidade, porque ir atrás das crianças que ainda não estão vacinadas não é só uma questão de saúde, é uma questão de educação, de assistência social”, pontuou.

De acordo com a secretária de Saúde, Tânia Mara, mais de 170 municípios já aderiram à Busca Ativa Vacinal, e a estimativa é que o percentual chegue a 100%. “O trabalho do Governo do Ceará, através da Sesa, será apoiar os municípios e dar suporte, apoiando a qualificação e a capacitação dos profissionais da atenção primária. Eles vão atuar, junto com outras áreas, para chegar a essa criança que está com a vacinação faltando”, explicou a secretária. “O mais importante é estarmos aqui, resgatando essa parceria com o Unicef, de muitos anos, em que o estado foi protagonista da redução da mortalidade infantil e dos indicadores de vacinação”.

Busca Vacinal

A Busca Ativa Vacinal é composta por uma metodologia de mobilização social e uma plataforma tecnológica de acesso gratuito para apoiar os governos municipais e estaduais na identificação, registro e monitoramento de crianças não vacinadas.

Com isso, a BAV permite o rastreamento da cobertura de vacinação de rotina de crianças e adolescentes. Assim, contribui para identificar e responder a vulnerabilidades que levam à não vacinação e, assim, estabelecer estratégias para encaminhamento dessas crianças aos serviços de saúde e atualizações de vacinação.

Sucesso da estratégia

Exemplo em vacinação, com índices de 95% de cobertura vacinal, Baturité foi piloto dessa ação conjunta com o Unicef. “É enorme a importância desse trabalho feito pelo Unicef junto ao nosso município. Foi formulando esse trabalho intersetorial, com as secretarias da saúde, da educação, da assistência social, nós conseguimos ser o município com a maior cobertura vacinal do estado. E estou muito feliz que a BAV agora vai para todo o Ceará”, comemorou o prefeito Herberlh Mota.

Cenário

No ano de 2022, embora as coberturas vacinais não tenham alcançado as metas preconizadas pelo Ministério da Saúde, o Estado do Ceará apresenta resultados acima da média do país. Da mesma maneira, observa-se também no ano de 2023, até o momento. A melhor cobertura é da vacina BCG (75,23% este ano); enquanto o menor percentual está na imunização contra Febre Amarela (42,79%).

Outros Posts