terça-feira, 05 de março de 2024

Operação conjunta da PCCE e da PMCE, com apoio da Ciopaer/SSPDS, resulta em cinco pessoas presas em Iguatu

Com o objetivo de reduzir os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) e combater o tráfico de drogas no município de Iguatu – Área Integrada de Segurança 21 (AIS 21) do Estado, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) e a Polícia Militar do Ceará (PMCE), com apoio da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS)  deflagraram, na sexta-feira (08), a operação intitulada “Contra-Ataque”, que resultou na captura de cinco indivíduos.

Um trabalho de inteligência realizado pela PCCE e a PMCE identificou alvos envolvidos em ações criminosas na região. O objetivo da operação foi cumprir 25 mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão preventiva.

Participaram da operação policiais da Polícia Civil, da Força Tática, do Comando de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) e do Comando Tático Rural (Cotar) da PMCE. A ação contou com o apoio da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Durante a operação, cinco pessoas foram presas em flagrante, eles foram identificados como Aramides de Lima Ribeiro, 25 anos, com antecedentes por porte ilegal de arma de fogo – com ele as equipes apreenderam um revólver calibre 38 e 10 munições calibre 38; José Romário Oliveira da Silva, de 32 anos; e João Gabriel Chagas Duarte, de 18 anos. Com esses dois  foram apreendidos 74 gramas de maconha e uma balança. Outros dois homens foram presos e com eles as equipes apreenderam 100 gramas de maconha, várias pedras de crack, dois revólveres calibre 38 e 16 munições calibre 38. Durante a operação, um homem, de 39 anos, morreu em uma intervenção policial no bairro Alto do Jucá.

A droga, as armas e munições apreendidas e os cinco suspeitos foram conduzidos para a Delegacia Municipal de Iguatu, onde os homens foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

A Polícia Civil continua investigando a participação dos cinco homens presos e de outros suspeitos em ações criminosas na Região Sul do Estado.

Outros Posts