quinta-feira, 23 de maio de 2024

Lula só definirá seus ministros após retornar de viagem ao Egito e Portugal

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva afirmou em uma coletiva de impressa nesta quarta-feira (9), que só começará a definir os nomes para os ministérios quando retornar da viagem ao Egito e a Portugal. Lula viaja ao Egito a convite do Consórcio de Governadores da Amazônia Legal e do presidente do Egito, Abdul Al-Sisi, para participar da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 27). O presidente eleito, retorna ao Brasil no dia 18 e provavelmente visitará Portugal durante a viagem de volta.

Em sua primeira coletiva de imprensa como presidente eleito na em Brasília, Lula falou de paz entre os Poderes “não pode o presidente da República interferir na Câmara nem no Senado, somos poderes autônomos, eles não interferem no nosso comportamento, nem nós interferimos no deles e assim a sociedade vai vivendo tranquilamente” Destacou.

Ele reforçou ainda, sua intenção de combater a fome e a miséria no país, e sobre o momento de crise política disse que “Não há tempo para vingança” e em seguida comentou sobre os protestos em pro do presidente Jair Bolsonaro (PL) “ninguém vai acreditar em discurso golpista de quem perdeu as eleições.” Disse ele ao ser questionado sobre os atos dos manifestantes. O presidente eleito, manifestou, ainda, sua preocupação com a formação dos ministérios “Estou mais preocupado do que vocês, mas ainda não posso contar” Declarou.

O vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin,  já  havia começado a formar a equipe de transição ao anunciar os primeiros integrantes do grupo. A equipe terá 31 grupos técnicos de áreas específicas, ele afirmou também que a indicação para a transição não tem relação com a indicação de ministérios.

Outros Posts