terça-feira, 23 de abril de 2024

Juazeiro do Norte: Sedeci e Senai entregam equipamentos restaurados para Associação de Lapidários

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Senai realizou a restauração de maquinários da Associação de Lapidários, Artesãos Minerais e Ourives da Região do Cariri – Alamoca. Em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação de Juazeiro – Sedeci, foram entregues, nesta quinta-feira, 14, na sede do Senai, 10 equipamentos de facetamento, de polimento e corte, e de lixas.

As máquinas estavam paradas há anos e, agora, estão sendo devolvidas para a reutilização por parte da associação com manutenção de pintura, parte elétrica e acionamento. A Alamoca foi fundada em Juazeiro do Norte e existe há 22 anos. Atualmente, 26 integrantes compõem a equipe, parte dos municípios de Missão Velha, Brejo Santo, Várzea Alegre e Iguatu.

Com as turmas de Eletromecânica, o gerente de Unidade de Negócios do Senai, Maurício Barreira, afirma que toda a revitalização maquinária está completa. “Restauramos as engrenagens, as polias, estrutura mecânica, refizemos a instalação elétrica e elas estão funcionando regularmente. É um motivo de muita alegria ter contribuído”, ressalta.

De acordo com o titular da Sedeci, Wilson Soares, o intuito da ação é resgatar a associação para um melhor desenvolvimento do trabalho. “A associação realiza cursos e capacitações para lapidários, há décadas. Tem um trabalho fantástico sendo realizado em Juazeiro e toda a região do Cariri”, afirma.

A presidente da Alamoca, Mônica Bezerra, relatou que sem o funcionamento dos maquinários, a situação se agravou, principalmente, nos últimos dois anos de pandemia de Covid-19, mas que, “felizmente, agora vamos organizar, colocar projetos e fazer parceria com a Prefeitura”. Mônica agradeceu também a parceria com o Centro de Cultura Mestre Noza.

A Sedeci tem a perspectiva de realizar, posteriormente, projetos voltados ao público de lapidários, bem como artesãos e ourives.

Outros Posts