quinta-feira, 18 de julho de 2024

Juazeiro do Norte realizou primeira edição do Festival Paralímpico no interior do Estado

Em sua primeira edição no interior do Ceará, o Festival Paralímpico Loterias Caixa 2023 teve grande adesão em Juazeiro do Norte. Cerca de 250 crianças e adolescentes compareceram ao evento, que ocorreu no último sábado, 20, na quadra Professor Santana. Alunos das redes municipal e estadual, com ou sem deficiência, participaram de atividades acompanhados dos seus familiares.

O entusiasmo dos participantes contagiou todo o público presente. A ação contou com quatro modalidades: vôlei sentado, bocha, atletismo e parabadminton. Todos os inscritos puderam experimentar cada modalidade, que acontecia ao mesmo tempo, dispostas em espaços divididos na quadra.

O festival, que ocorre desde 2018, visa promover e possibilitar, de forma lúdica, o contato com as modalidades paralímpicas, sendo vivenciado em 119 núcleos espalhados por todo o país. O evento é uma iniciativa do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), e organizado em parceria com a Secretaria de Esporte do Estado, Associação D’eficiência Superando Limites e Secretaria Municipal de Educação.

O estudante Ítalo Michael, de 12 anos, matriculado na escola municipal Zila Belém, ressaltou a alegria do momento “Já fui em todas as modalidades, gostei de todas, e gostei também de estar aqui, além de brincar, fiz amigos e pude disputar corridas com outros colegas que também usam cadeira de rodas como a minha”, pontuou.

Professores do Atendimento Educacional Especializado (AEE), docentes de educação física, cuidadores da Rede Municipal de Ensino também acompanharam os discentes.

Maria Solange, mãe do aluno Pedro Ryan, da escola Rotary, enfatizou a importância do festival no desenvolvimento do filho. “Essa ação foi maravilhosa. Meu filho é autista e foi impressionante como aqui ele ficou mais calmo, se divertiu e mostrou habilidades. Torço para que esse evento maravilhoso aconteça mais vezes aqui em Juazeiro. Agora ele vai querer participar sempre”.

A secretária de Educação, Pergentina Jardim, destacou o legado que um evento dessa proporção traz para todos os envolvidos. “Tivemos a participação dos alunos, da família, dos cuidadores, onde o movimento da inclusão e esporte foram vivenciados na sua mais profunda magnitude. O festival possibilitou uma experiência inédita para toda a comunidade, e a ideia é proporcionar mais momentos como este “, frisou.

Atletas paralímpicos, que são os embaixadores de cada modalidade, destacaram o sucesso do evento em Juazeiro. “Estou impressionado e feliz com o engajamento do público presente. Aqui tem muito potencial para a prática do esporte paralímpico. Tenho certeza que hoje plantamos uma semente aqui”, frisou o atleta Vilmar Lima.

O prefeito Glêdson Bezerra enfatizou que o evento ficará marcado na história. “Nosso governo é o governo de todas as causas e estou muito feliz e emocionado de ver essa celebração da inclusão”. Após a experimentação em todas as modalidades, os participantes receberam suas medalhas. O festival contou com a presença dos vereadores Fábio do Gás e William Basílio (Bilinha), do Secretário de Esporte e Juventude, Bendimar Júnior, e do Conselho Municipal de Educação.

Outros Posts