quinta-feira, 18 de julho de 2024

Juazeiro do Norte: Patrulha Maria da Penha efetua 100ª prisão por violência doméstica

A Patrulha Maria da Penha, primeira no Estado do Ceará, tem realizado um trabalho preventivo e educativo desde 2019. Na última quarta-feira (19), o grupamento efetuou a 100ª prisão por quebra de medida protetiva e violência doméstica. Os dados são disponibilizados pela Secretaria de Segurança Pública e Cidadania de Juazeiro – SESP.

O município possui mais de 800 mulheres que foram e são assistidas pelo programa. O grupamento atua de acordo com a Lei Maria da Penha n° 11.340, que a partir do poder público, institui políticas de direitos humanos às mulheres em situação de violência de gênero, doméstica e familiar. O suporte educativo das equipes é voltado, também, para o acesso informativo sobre a lei, instruindo o atendimento de suporte público para a vítima.

O membro da Patrulha Maria da Penha, Fernando Félix, destaca o empenho e suporte do grupamento às vítimas de violência física, psicológica, patrimonial e sexual. “Estamos 24 horas empenhados em dar assistência humana e respeitosa à essa mulher e, se preciso, encaminhamos para uma rede de suporte maior, de acolhimento”, pontuou.

Além do grupamento, outros órgãos atuam em conjunto como CRAS, CREAS, Delegacia da Mulher, Defensoria Pública, Projeto Marias, Casa de Acolhimento e Casa da Mulher Cearense.

A Patrulha Maria da Penha recebe ligações, em sigilo, através do número (88) 9 3300-1414.

Outros Posts