domingo, 03 de março de 2024

Investigados por homicídios tentados e consumado são presos em ação conjunta em Brejo Santo/CE e na Paraíba

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) deflagrou, na terça-feira (11), uma operação que visa cumprir dois mandados de prisão temporária e sete de busca e apreensão em desfavor de alvos investigados por crime de homicídios tentados e consumado, registrados no município de Brejo Santo – Área Integrada de Segurança 19 (AIS 19) do Ceará. A ofensiva policial, que contou com o apoio da Polícia Militar da Paraíba, ocorreu em Brejo Santo/CE e na Paraíba.

Com as ordens judiciais em mãos, equipes da Polícia Civil do Ceará se deslocaram até o município de Cajazeiras, na Paraíba, onde localizaram e prenderam os alvos identificados como Antônio Roberto da Silva (29), também conhecido como “Betim”, com antecedentes criminais por homicídio e tráfico de drogas, e David de Sousa Almeida Ribeiro. Segundo informações policiais, “Betim” foi flagrado em posse de uma quantidade de drogas. Os homens são apontados como partícipes em crimes de homicídios tentados e consumado registrados em maio e junho de 2023, em Brejo Santo, no Ceará.

A operação coordenada pela Delegacia Regional de Brejo Santo, resultou, ainda, durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão, na prisão em flagrante do suspeito identificado como Wellison Tomaz Braga, que estava em posse de uma pistola 380, munições e uma quantidade de drogas.

Após serem capturados, os alvos foram conduzidos para uma unidade policial, onde as ordens judiciais foram cumpridas em desfavor de “Betim” e David. Além disso, “Betim” foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. Já Wellison foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas. Agora, os homens estão à disposição da Justiça.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As informações podem ser direcionadas para o (88) 3531-4841, o número da Delegacia Regional de Brejo Santo.

As denúncias podem ser encaminhadas ainda para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, pelo qual podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Outros Posts