domingo, 16 de junho de 2024

Inaugurada em Crato estação de tratamento Seminário

No Crato, a coleta e tratamento de esgoto salta de 3% para 16%, diante da inauguração da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Seminário, realizada nesta terça-feira, pela Ambiental Crato, 13. O prefeito Zé Ailton Brasil esteve presente. O vice-prefeito, André Barreto, e o secretário municipal de Infraestrutura, Ítalo Samuel, também participaram.

A estação, que tem capacidade de tratar até 32 litros de esgoto por segundo, vai beneficiar mais de 16 mil pessoas dos bairros Seminário e Vila Alta. Até 2025, a expectativa é de que sejam tratados cerca de 350 milhões de litros de esgoto por mês, impactando 50% da população cratense. Hoje, apenas 30 milhões de dejetos recebem o tratamento adequado.

“Através do esgotamento sanitário, proporcionamos mais saúde e qualidade de vida ao povo, sem falar dos benefícios ao meio ambiente”, reforçou o prefeito.

A ETE Seminário foi totalmente restaurada e revitalizada pela Ambiental Crato. A concessionária vem atuando no município em parceria com a SAAEC, que segue responsável pelo abastecimento de água. “Nós vamos captar, tratar e distribuir a água. A concessionária vai tratar os efluentes para que essa água volte à natureza tratada” , disse o presidente da SAAEC, Yarlei Brito.

Até 2033, toda área urbana do Crato e os distritos de Dom Quintino e Ponta da Serra deverão contar com sistema de esgotamento sanitário. Ao todo, serão implantados 250 km de redes coletoras e interceptores, substituídos 35 km de redes existentes, implantados 1.320 m de emissários e construídas 22 estações elevatórias e 06 estações de tratamento de esgoto.

Outros Posts