quarta-feira, 22 de maio de 2024

Escola Alaíde Silva Santos, no bairro Horto, recebe sessão de cinema indígena em ação do Complexo Ambiental Caminhos do Horto

Estudantes da E.E.M. Alaíde Silva Santos, no bairro Horto, irão ser contemplados com exibições das obras audiovisuais “Mãe Cajarana”, “O que me leva não é mercadoria de bolso” e “Corpo Memória Submersa”, da realizadora de audiovisual Bárbara Matias Kariri. A atividade faz parte da programação de abril do Complexo Ambiental Caminhos do Horto, equipamento da Secretaria de Meio Ambiente e Mudança do Clima do Ceará (SEMA) e gerido pelo Instituto Dragão do Mar (IDM), que integra atividades culturais, educativas, ambientais e de desenvolvimento.

Os filmes são em formato de curta-metragem e serão exibidos na quarta-feira (17/04), às 14h, de forma gratuita. Na oportunidade, haverá uma roda de conversa com Bárbara Matias sobre o processo de criação das obras, que abordam temáticas indígenas, como narrativas apagadas e vozes emergentes.

Bárbara Matias Kariri se apresenta como indígena do Povo Kariri, artista da cena, realizadora audiovisual e curadora. Além disso, compõe a Rede Audiovisual das Mulheres Indígenas – Rede Katahirine, bem como é tutora da escola de audiovisual Brotar Cinema com o Povo Anacé.

A atividade é uma parceria entre o Complexo Ambiental Caminhos do Horto e a E.E.M. Alaíde Silva Santos, e ocorre com o intuito de discutir temas sociais por meio do cinema, bem como apresentar o audiovisual como ferramenta de aprendizagem e entretenimento.

Complexo Ambiental Caminhos do Horto

O Complexo Ambiental Caminhos do Horto é um equipamento do Governo do Ceará, vinculado à Secretaria de Meio Ambiente e Mudança do Clima (SEMA), gerido pelo Instituto Dragão do Mar (IDM). É formado por uma grande rede que envolve Educação Ambiental, Cultura e Turismo devocional como alicerces da preservação e desenvolvimento. Por meio do teleférico, aproveita-se o passeio para desfrutar das belezas da paisagem e da fé no Padre Cícero, uma oportunidade para visualizar o cenário em que se desenvolveu a história do “Padim”. As ações em Cultura e Meio Ambiente são elos complementares que reforçam o turismo sustentável, o pertencimento, o patrimônio e o desenvolvimento social.

Outros Posts