quarta-feira, 19 de junho de 2024

Dois suspeitos de crimes contra a dignidade sexual são presos pela PC-CE na Região Sul

Uma operação da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) resultou na prisão de dois homens que estavam sendo investigados por crime contra a dignidade sexual cometidos na Região Sul do Estado. A captura dos suspeitos aconteceu na quinta-feira (6), nas cidades de Russas e Palhano, ambas pertencentes à Área Integrada de Segurança 18 (AIS 18) do Estado.

A operação denominada “Infância Segura” visava o combate à crimes contra a dignidade sexual cometidos em cidades da Região Sul do Ceará e que tinham crianças e adolescentes como vítimas. Os trabalhos foram realizados pelo Núcleo de Proteção aos Grupos Vulneráveis (NPGV) da Delegacia Regional de Russas, que segue com as investigações em andamento com o objetivo de identificar outras pessoas que tenham envolvimento com crimes dessa natureza.

Durante as diligências pela cidade de Palhano, a equipe localizou um homem, de 37 anos, que estava sendo investigado por um crime de estupro cometido em junho de 2021, contra sua própria filha, na epoca uma adolescente de 15 anos de idade. Já na cidade de Russas, os policiais capturaram um homem, de 69 anos, suspeito de cometer um crime de estupro de vulnerável, em junho deste ano, contra duas crianças de cinco e sete anos, que eram vizinhas do investigado. Os dois homens estavam com mandados de prisão em aberto pelos crimes.

Após as capturas, os dois suspeitos, que não terão as identidades reveladas para preservar as identidades das vítimas, foram conduzidos para a Delegacia Regional de Russas, onde foi efetivado o cumprimento das ordens judiciais. Após os procedimentos na delegacia, os dois foram encaminhados para unidades do sistema penitenciário e colocados à disposição da Justiça.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As informações podem ser direcionadas para o (88) 3411.8567, número da Delegacia Regional de Russas.

As denúncias podem ser encaminhadas ainda para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, pelo qual podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Outros Posts