segunda-feira, 15 de julho de 2024

Crato outorga Comenda Maria do Espírito Santo a personalidades do protagonismo feminino negro

A Prefeitura do Crato, através do Conselho Municipal da Promoção da Igualdade Racial, realizou nesta terça-feira, 25, no auditório do Paço Municipal, a entrega da Medalha Maria do Espírito Santo, data em que se comemora o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha.

A outorga consagra a luta pelo protagonismo feminino negro e homenageia a professora, Dra. Cícera Nunes, Valéria Gercia das Neves Carvalho e Francisca Raimunda dos Santos, conhecida como mãe Kum, em reconhecimento ao seu protagonismo em defesa do feminismo negro.

Comenda

Maria do Espírito Santo, mais conhecida como Madrinha Espírito Santo, era uma mulher negra que residiu em Crato, por mais de sessenta anos, servidora pública municipal, líder de religiosidades africanas (Mãe de Santo de Umbanda), benzedeira, teve sua vida pautada na solidariedade às pessoas em situação de vulnerabilidade social, protagonizando constantes ações humanitárias às pessoas em diferentes necessidades.

As homenageadas receberam do vice-prefeito, André Barreto, a referida comenda, que homenageia aquelas mulheres que desenvolvem um trabalho contra as desigualdades estruturais de raça e gênero. Na oportunidade, o gestor enalteceu o trabalho e empenho dessas mulheres à frente das causas sociais, protagonizando importantes lutas na cidade do Crato.

As homenageadas agradeceram a comenda e destacaram a importância da medalha para enaltecer uma luta tão relevante para a promoção da igualdade racial e o combate ao racismo no município do Crato.

Também estiveram presentes, a Assessora Especial de Direitos Humanos e Movimentos Sociais, Otonite Cortez; a Coordenadora da Casa da Mulher Cearense no Cariri, Mara Guedes; representante do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher Cratense; representantes do Grupo de Valorização Negra do Cariri (GRUNEC),

Representantes do Governo do Estado; a presidente do Conselho dos Direitos da Mulher Cratense, Francisca Alves; os vereadores, Fernando Brasil, Mariângela Bandeira e Tia Cléa; secretários municipais, além de familiares da Maria do Espirito Santo.

Outros Posts