segunda-feira, 20 de maio de 2024

Delegacia de Defesa da Mulher de Juazeiro do Norte, da Polícia Civil do Ceará, está concorrendo ao 20º Prêmio Innovare

A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Juazeiro do Norte da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) está concorrendo à 20ª edição do Prêmio Innovare, com o projeto “As Rosas Falam”. A unidade especializada da Polícia Civil, recebeu, nessa segunda-feira (19), a visita do consultor do Datafolha e do instituto Innovare, onde eles conheceram de perto os trabalhos desenvolvidos pela equipe da DDM.

O projeto “As Rosas Falam” ocorreu em uma operação de ação social, de conscientização e de aproximação com as mulheres, promovida pelas policiais civis da DDM, no último mês de março, em alusão ao Dia Internacional da Mulher. Na época, o evento ocorreu na Praça Padre Cícero, no Centro de Juazeiro do Norte, pertencente à Área Integrada de Segurança 19 (AIS 19) do Estado.

A ação teve como objetivo manter a proximidade com as mulheres da região do Cariri e conscientizá-las sobre os tipos de violência contra mulher e quais são os canais de denúncias. Além da orientação, os policiais civis distribuíram rosas para as mulheres. O projeto se estendeu, ainda, com a distribuição de panfletos e realizações de palestras em escolas, universidades e comunidades.

Para a delegada titular da DDM de Juazeiro do Norte, Suerda Bezerra, o projeto promove um contato diretamente com adolescentes, mulheres e população em geral, onde podem ser orientados, desde jovens, a se cuidar e se proteger. “A nossa ação, que iniciou em uma praça central, e onde pudemos ter mais acesso aos jovens, ambulantes, mulheres e trabalhadores que transitavam pelo local, teve objetivo de promover a não-violência contra a mulher”, conta.

“É uma satisfação concorrer a um prêmio tão importante, e poder mostrar, a nível nacional, as boas práticas realizadas pelos policiais civis da DDM”, finaliza a delegada com satisfação.

12ª Delegacia do DHPP também foi pré-selecionada para concorrer o prêmio

A 12ª DHPP da PC-CE – unidade especializada nas investigações envolvendo pessoas desaparecidas – foi pré-selecionada com dois projetos para participar do 20° Prêmio Innovare, que visa dar o devido reconhecimento a práticas transformadoras que se desenvolvem no interior do sistema de Justiça do Brasil. Além do reconhecimento, o Innovare busca identificar ações concretas que signifiquem mudanças relevantes em antigas e consolidadas rotinas e que possam servir de exemplos a serem implantados em outros locais.

Outros Posts