segunda-feira, 27 de maio de 2024

Copa do Nordeste de 2023 estabelece novos recordes e lota arenas pelos estados

A edição 2023 da Copa do Nordeste, vencida pelo Ceará, foi um sucesso em todos os sentidos. Estádios lotados, grandes clássicos e cotas e premiações recordes em todas as fases para os clubes e federações envolvidas. Comercialmente, a competição estabeleceu números incríveis.  Dezessete patrocinadores estamparam suas marcas em campo e dezenas de ativações foram feitas para aproximar a competição do torcedor.

O sucesso não parou aí. O interesse do torcedor pela Copa do Nordeste registrou um aumento expressivo de engajamentos nas redes sociais, e audiência de ponta em algumas capitais. E para fechar com chave de ouro uma final entre Sport e Ceará com uma bela festa de encerramento, com direito a show do cantor João Gomes levantando o público na Ilha do Retiro.

Tudo sob a tutela direta da CBF, que assumiu a organização da competição, a mais badalada do primeiro semestre do calendário nacional. Além de reajustar os valores de todas as fases da Copa, a entidade pagou ao campeão premiação recorde – o Ceará recebeu mais de R$ 6 milhões ao ganhar o título. No total, a competição distribuiu R$ 42 milhões aos clubes e federações envolvidas.

“Dobramos a premiação neste ano. Oferecendo mais recursos financeiros, tornamos a competição mais atrativa para patrocinadores e torcedores. Ano que vem vamos fazer um campeonato com uma premiação ainda mais interessante para todos os envolvidos. A Copa do Nordeste será melhor ainda em 2024”, afirmou o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues.

FEDERAÇÕES E CLUBES CELEBRAM PROTAGONISMO DA CBF

O presidente da Federação Sergipana de Futebol, Milton Dantas, elogiou o trabalho da CBF na organização da competição.

“A Copa do Nordeste deste ano superou todas as expectativas. A começar pela receita assegurada pela CBF. O presidente Ednaldo é um grande defensor dessa competição, desde o tempo em que presidia a federação bahiana, e seu apoio incondicional foi fundamental para o sucesso da Copa. Foram vários pontos positivos – presença do público, equilíbrio técnico, receita para clubes e federações”, comentou o presidente da Federação Sergipana de Futebol, Milton Dantas.

Ele acrescentou que a festa na Ilha do Retiro, na partida final entre Sport e Ceará, mostrou a grandiosidade da competição. “Sempre acompanhei a Copa do Nordeste, foi a cerimônia de encerramento mais bonita da história da competição. Sem contar que a receita da Copa ajuda bastante no fortalecimento do futebol sergipano. Só temos a agradecer ao presidente Ednaldo, sempre atento ao futebol brasileiro como um todo, estendendo esse olhar às divisões de acesso, que fomentam o futebol nacional.”

COPA DO NORDESTE É GOL DE PLACA 

Para o presidente da Federação Bahiana de Futebol, Ricardo Lima, a edição 2023 da Copa do Nordeste marca uma nova época da competição

“A CBF e o presidente Ednaldo Rodrigues estão de parabéns. A edição 2023 da maior competição regional do país foi um gol de placa da CBF, que retomou o protagonismo da organização do campeonato neste ano. A Copa do Nordeste teve recorde de público, de arrecadação e engajamento. Foi uma entrega perfeita aos torcedores, um produto muito bem envelopado, totalmente fortalecido e valorizado.”

Ele destacou também o montante recebido pelo campeão da Copa, o Ceará, que conseguiu a conquista após dois jogos muito disputados contra o Sport. “Do ponto de vista econômico, o Ceará embolsou R$ 6 milhões, um valor expressivo para uma competição regional, que reúne clubes tradicionais e se mostra a cada ano uma excelente preparação para o restante da temporada.”

FINAL TEM GOLEADA DE AUDIÊNCIA NA TV

Para se ter uma ideia do alcance e apelo da Copa do Nordeste, as duas partidas finais entre Sport e Ceará tiveram audiência fora de série em Recife e Fortaleza, por exemplo. Na capital pernambucana, o SBT, que transmitiu os dois jogos, venceu a Globo por 33,8 pontos contra 8,2 durante o confronto realizado na Ilha do Retiro. Em Fortaleza, na mesma noite, a goleada foi de 28,1 pontos contra 9,1.

“O maior ponto positivo desta edição da Copa do Nordeste foi ela ter retornado para a CBF. Um sucesso total. Ninguém mais explorando. Quem promove o futebol no País é a CBF. Parabéns ao presidente Ednaldo, mais uma bola dentro. A Copa do Nordeste conviveu muito bem com os Estaduais. Melhorou 200% com respeito às datas dos Estaduais”, afirmou o presidente da Federação Maranhense de Futebol, Antônio Américo.

TORCEDORES BOMBAM REDES DA COMPETIÇÃO 

Nas redes sociais, a Copa do Nordeste de 2023 também bombou. A página oficial da competição no Facebook teve um acréscimo de 189,20% de acessos. No Instagram, os números também falam alto, com 1,7 milhão de internautas interagindo com as publicações oficiais. Nessa plataforma, a Copa obteve mais 74 mil novos seguidores.

“Foi muito positivo o ajuste no calendário que evitou que a Copa do Nordeste de 2023 entrasse nos Estaduais. Deu para coexistirem de forma saudável. Foi supersaudável, de um modo geral, um sucesso. São nove Estados com times de tradição, com suas diferenças, rivalidades. É uma supercompetição, que teve uma superfesta na decisão, digna de uma grande final”, disse o presidente da Federação Alagoana de Futebol, Felipe Feijó.

“A Brax tem enorme orgulho de ter sido eleita pela CBF como a parceira comercial da Copa do Nordeste. Neste primeiro ano de operação, a empresa pode assegurar que a competição superou todas as expectativas.  Garantimos uma receita comercial sem precedentes para os clubes e o mercado consagrou a chegada da Brax ao extraordinário mercado do Nordeste.  Estamos ansiosos para a temporada 2024”, afirmou Bruno Rodrigues, um dos sócios da Brax.

COPA DO NORDESTE JÁ CAIU NO GOSTO DO BRASILEIRO

Para o presidente do Ceará, João Paulo Silva, “a competição foi muito bem organizada”, o que, segundo ele, amplia o leque da Copa do Nordeste para o restante do País. “Não está interessando apenas quem é da região. Já caiu no gosto dos brasileiros. A Copa do Nordeste tem um glamour por envolver clubes de massa, como Ceará, Sport, Fortaleza, Bahia, Vitória e Santa Cruz e outros grandes do Nordeste”, declarou.

Ele ressaltou a festa da torcida cearense no Castelão, quando da primeira partida da final, com quase 60 mil pessoas no estádio, “um espetáculo”, e também enalteceu os torcedores do Sport no jogo seguinte na Ilha do Retiro. “Outro show”.

O goleiro Richard, destaque da conquista cearense, fez coro às palavras do presidente do clube. “Sensação única. A gente sabe da importância desse título. Não só os jogadores, mas a torcida também merece. Batemos na trave no Cearense e não podíamos deixar agora passar de novo. Quero agradecer a torcida que saiu lá da capital do Ceará para fazer essa linda festa (na Ilha do Retiro). Isso é importante demais. Estou feliz.”

JOÃO GOMES LEVANTA A TORCIDA NA FINAL

Convidado especial à festa de encerramento da Copa do Nordeste, o cantor João Gomes, ovacionado pelo público na Ilha do Retiro, deixou sua mensagem sobre o evento, convicto de que participou de um momento histórico para o futebol nacional.

“Queria agradecer à CBF pelo convite para fazer parte dessa grande festa nordestina. A final da Copa do Nordeste foi muito marcante na minha vida. Obrigado presidente Ednaldo.”

Outros Posts