domingo, 26 de maio de 2024

Comitê Deliberativo do Ceará Pacífico/PreVio, em Crato, discute ações para início do projeto no município

Foi realizado o primeiro encontro entre os integrantes do Comitê Deliberativo do Ceará Pacífico/ Programa Integrado de Prevenção e Redução da Violência (PReVio), após a sua instalação no Município. Na oportunidade, foi apresentada a estrutura do comitê municipal, além da agenda do programa que vem com o objetivo de unir forças e ações para prevenção da violência e redução da criminalidade no município. O Crato é um dos 10 municípios do Estado a ser incluído no programa. O encontro aconteceu na última quinta-feira (17).

Com investimento de R$ 350 milhões, o PReVio é uma expansão do Pacto por um Ceará Pacífico e irá impactar mais de 100 mil jovens, mulheres, famílias e grupos LGBTQI+ das dez cidades cearenses mais populosas. Além de Crato, serão atendidos os municípios de Fortaleza, Caucaia, Juazeiro do Norte, Maracanaú, Iguatu, Itapipoca, Maranguape, Quixadá e Sobral.

Participaram do encontro o prefeito cratense, Zé Ailton Brasil, presidente do Comitê Deliberativo; secretário adjunto de Desenvolvimento Social, Hermínio Brasil; procurador geral do município, Rennan Xenofonte; assessor Mauro Silvestre; promotor Thiago Marques Vieira; delegada da mulher, Kamilla Moura Brito; Matheus Leite, vereador; o juiz Juraci de Souza Santos Junior; Ercileide Cristina Oliveira, Secretaria de Administração Penitenciária; Jardeson Macedo da Silva, Peforce, Major Mendes e Capitão Marcos Paulo Barbosa, Polícia Militar; Pádua Campos e Luana Bandeira, do programa Ceará Pacífico

Prevenção da violência

O programa abrange projetos e ações voltadas para a prevenção da violência e redução da criminalidade. Com o objetivo de construir cultura de paz em todo o território cearense, opera a partir de políticas públicas interinstitucionais de prevenção social e segurança pública.

“O comitê é como se fosse formado por fragmentos de toda sociedade e a herança que ele por oportunizar aos munícipes é ver todas essas instituições juntas por um bem maior e em busca da solução da violência”, afirmou o Major Mendes.

O prefeito Zé Ailton destacou a importância do projeto para a diminuição da criminalidade no município. “Vemos um esforço de todas essas instituições em busca de uma sociedade melhor para o povo cratense. Uma articulação para que o poder público atue de forma mais efetiva na prevenção da violência”.

O comitê deliberativo conta representantes de instituições como Ministério Público, Defensoria, Polícias Civil e Militar, Justiça, Perícia Forense e demais instituições que lidam com esse problema da segurança nas cidades. A reunião foi um momento de interação desde a instalação do Comitê.

As reuniões do comitê devem acontecer de forma sistematizada, momento em que se avalia o cenário da violência no município e elabora as diretrizes em conjunto com os atores que lidam diretamente com esse problema. Isso a partir dos territórios mais impactados com a violência e vulnerabilidade social. Na reunião, foram discutidas algumas peculiaridades relacionadas à violência no Crato, como a de caráter doméstico, assim como a questão do vandalismo patrimonial. A partir daí vão estar sendo estreitados laços para definir as melhores estratégias de combate à violência. A meta é melhorar e reduzir os índices e tornar a cidade cada vez mais pacífica.

Outros Posts