domingo, 14 de julho de 2024

Cometa poderá ser visto a olho nu em fevereiro

A partir do início de fevereiro, será possível observar no hemisfério sul o cometa C/2022 E3, já no dia 12 de janeiro, o cometa teve seu maior ponto de proximidade com o sol, tal fenômeno só aparece no céu do planeta Terra a cada 50 mil anos.

Em março de 2022, o programa Zwicky Transient Facility (ZTF), detectou o cometa quando passava pela órbita de Júpiter. O Observatório Nacional, contou que o ponto de maior aproximação desse cometa “relativamente pequeno” – cerca de 1 km de diâmetro – com a Terra será em 1º de fevereiro.

Cometas são objetos feitos principalmente de gases congelados, rocha e poeira, e se tornam mais visíveis quando se aproximam do sol, e seu gelo passa a se transformar em gás, formando uma nuvem ao seu redor.

Segundo o astrônomo Filipe Monteiro, a última vez que o C/2022 E3 ficou visível, a Terra ainda era habitada pelos neandertais. 

Monteiro também conta algumas observações para conseguir ver o cometa, para isso será importante ficar atento aos dias de fevereiro, já que nos primeiros dias a partir do dia 4, o melhor ponto ficará na direção norte e abaixo da estrela Capela. No passar dos dias, o cometa será visto no alto do céu e com mais tempo de visibilidade.

O cometa poderá ser visto a olho nu caso as condições do céu estejam favoráveis, céu escuro, sem nuvens e sem lua, para uma experiência melhor, o indicado é usar binóculos.

Outros Posts