terça-feira, 23 de abril de 2024

Com 40,8 ºC, Barro tem recorde de temperatura do ano

O município de Barro, localizado na macrorregião do Cariri, registrou, na tarde de sexta-feira (25), o maior pico de temperatura do Ceará no ano de 2023: 40,8 ºC. Conforme dados do sistema de monitoramento que reúne informações da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) e do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o valor extremo ocorreu entre as 16 e 17h.

Até então, o recorde mensal havia sido no mesmo município, ainda na quinta-feira (24). Na ocasião, 38,6 ºC. Porém, nesta sexta, além do recorde de 2023, foram registrados picos de 40,4 ºC em Jaguaribe e 38,9 ºC, em Santa Quitéria.

As altas temperaturas que já vêm sendo registradas no Ceará este mês são comuns para o período. Conforme a Funceme, com a escassez de chuvas e o céu mais claro, há uma maior incidência da radiação solar, deixando a atmosfera mais aquecida.

Amplitude térmica

Além do pico de temperatura, Barro apresentou hoje amplitude térmica de 18,1 ºC, pois, no começo do dia, a mínima no município foi de 22,7 ºC.

A variação da temperatura ao longo do dia tem relação, principalmente, com a radiação. Em dias com céu limpo, como observado nesta quinta em maior parte do Ceará, os raios solares atingem a superfície terrestre com maior facilidade por não ter a presença de nuvens para bloquear a passagem. Já à noite, também em dias com poucas nuvens, a radiação dissipada da superfície se perde com mais facilidade, o que deixa o ambiente com uma menor temperatura.

Tempo seco

Com o tempo estável e temperaturas mais elevadas, o Estado também sofre com a baixa umidade do ar. Na tarde desta quinta, Iguatu e Jaguaribe chegaram a 13% e 15%, respectivamente. O cenário já havia sido indicado na previsão da Funceme que, inclusive, emitiu aviso meteorológico para baixa umidade do ar no sul do Estado.

Outros Posts