domingo, 16 de junho de 2024

Celebração da vida marcou a Festa e Romaria de Nossa Senhora das Dores

A Festa e Romaria de Nossa Senhora das Dores reuniu milhares de fiés em Juazeiro do Norte. O evento, foi a primeira grande atividade religiosa na terra de Padre Cícero após dois anos de pandemia. A romaria da padroeira marca a abertura do tradicional cilco de romarias, que se estende até fevereiro.

De acordo com o levantamento realizado na Sala do Romeiro, que fica na Basílica de Nossa Senhora das Dores, e não representa nem 10% do número de visitantes em Juazeiro do Norte, quase 50 mil romeiros estiveram na terra do Padre Cícero. Além disso, a emoção tomou conta de ambientes históricos, como o Horto, Basílica, Capela do Socorro e os Santuários dos Salesianos e Franciscanos.

A emoção de rever as ruas juazeirenses cheias de gente, também marcou a história. O reitor da Basílica de Nossa Senhora das Dores, Padre Cícero José, destacou que esta foi a romaria da celebração da vida. “Após esta pandemia, voltar a receber nossos irmãos romeiros na casa da Mãe de Deus, é gratificante, é sem sombra de dúvidas uma verdadeira celebração da vida”, destacou.

ArtigosRelacionados

A proxissão de encerramentou levou milhares de devotos, romeiros e juazeirenses as ruas. Ela foi realizada na tarde de ontem (15), e percorreu as ruas Padre Cícero, Alencar Peixoto e São Pedro. Era notório a emoção dos participantes.

Agora com o calendário de romarias aberto, fica a expectativa para a Romaria da Esperança. Esta acontece no final de outubro e no início de novembro.

Outros Posts