quarta-feira, 29 de maio de 2024

Ceará registra em fevereiro aumento de 104,5% nas apreensões de drogas pelas Forças de Segurança do Estado

Um aumento de 104,5% nas apreensões de entorpecentes pelas Forças de Segurança do Estado foi registrado no estado do Ceará no mês de fevereiro de 2024 em comparação com o mesmo mês no ano anterior. Em fevereiro de 2023, haviam sido apreendidos 291,19 kg; já no segundo mês de 2024, foram apreendidos 595,38 kg de drogas.

As ações das Forças de Segurança resultaram no aumento das substâncias ilícitas em todo o Ceará. Os dados foram obtidos pela Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp), vinculada à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

No compilado do mês de fevereiro de 2024, destaca-se um aumento de 835% nas apreensões de cocaína. No mês de fevereiro de 2023, 49 kg de cocaína foram apreendidos nas ações realizadas no Estado. Já em fevereiro deste ano, foram apreendidos 458,15 kg da substância.

Bimestre 

Ainda de acordo com os dados da Supesp, se comparado o primeiro bimestre de 2024 em relação ao primeiro bimestre de 2023, o aumento nas apreensões chega a 19,5%. Enquanto nos dois primeiros meses de 2023, haviam sido apreendidos 1.231,48 kg de drogas, nos meses de janeiro e fevereiro de 2024, foram apreendidos 1.471,68 kg de entorpecentes.

Para o delegado titular da Delegacia de Narcóticos (Denarc) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), Adriano Felix, o aumento nas apreensões é resultado da integração e estratégia das Forças de Segurança. “O avanço significativo  de apreensão de drogas é resultado de um trabalho integrado, não só da Polícia Civil, mas de todas as Forças de Segurança Pública Estaduais, pois é diretriz máxima do nosso secretário de segurança o combate ao narcotráfico, destacando, em especial, o aumento nas apreensões de cocaína. Essas ações estão sendo intensificadas e visam, além de apreender drogas, prender os envolvidos com o tráfico de drogas“, pontuou o delegado.

Outros Posts