segunda-feira, 15 de julho de 2024

Ceará mantém-se sem seca relativa pelo 4º mês consecutivo

O Ceará manteve-se sem seca relativa conforme dados do mapa mais recente do Monitor de Secas. De acordo com a ferramenta de acompanhamento regular e periódico da seca, é o 4º mês seguido com o Estado nesta condição.

Conforme o pesquisador da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), Francisco Vasconcelos Júnior, o cenário se dá, principalmente, pelas chuvas em meses deste primeiro semestre.

“O destaque vai para os meses de março e abril, os quais apresentaram chuvas com vários dias com grandes acumulados e alta regularidade, principalmente na região do Sertão Central e Inhamus, onde alguns reservatórios estavam secos ou com capacidade abaixo de 10% de capacidade total”, explica

Vasconcelos salienta ainda que o primeiro semestre de 2023 foi observado o maior aporte hídrico nos reservatórios monitorados do Estado nos últimos 12 anos, com um volume aportado de 7.18 hm³, o último tinha sido o ano de 2011 com 7.84 hm³.

Cautela

Apesar dos resultados positivos de 2023 até aqui, o Ceará tem ainda 34 açudes com capacidade abaixo dos 30% do seu volume total. Além disso, o segundo semestre no Estado é caracterizado pela escassez de chuvas.

Outros Posts