segunda-feira, 17 de junho de 2024

Barbalha apresenta crescimento de 14,5% na geração de empregos em 2022, de acordo com dados do Caged

Entre janeiro e dezembro de 2022, Barbalha seguiu a trajetória de crescimento dos empregos formais e apresentou um saldo positivo de 814 vagas de trabalho, o resultado entre admissões (4.163) e desligamentos (3.349), contra 425 postos de 2021. Esse é o melhor resultado do município desde 2014, quando Barbalha apresentou um saldo positivo de 887.
Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na última terça-feira (31/01) pelo Ministério do Trabalho e Previdência. Esse número é o primeiro lugar no saldo de empregos gerados na Região Metropolitana do Cariri.
Em 2022, Barbalha registrou um crescimento de 14,5% na geração de empregos formais com carteira assinada em relação ao ano de 2021. O número foi puxado pelo setor de serviços (1.688), seguido pela indústria (1.172). O estoque municipal, que é a quantidade total de vínculos celetistas ativos, em 2022, contabilizou 11.563, o que representa uma variação positiva de 7,5% em relação ao estoque de 2021.
Os dados reforçam que nossa economia superou as dificuldades impostas pela pandemia do novo coronavírus. Barbalha hoje possui diversas obras espalhadas pela cidade, fruto da parceria entre município e governo do Estado. O que, consequentemente, acarreta uma cadeia de produção, de comércio e serviços, que movimenta a economia da cidade”, disse Lúcia Santana, secretária de Desenvolvimento Econômico de Barbalha.
Cenário Estadual
No Ceará, o nível do emprego formal atingiu o total de 541.061 empregos com carteira assinada e, no acumulado do ano, o saldo entre contratações e desligamentos no mercado de trabalho cearense ficou positivo em 67.011 empregos. Os setores de serviços (256.038) e comércio (117.617) foram os que mais contrataram em 2022.

Outros Posts