terça-feira, 16 de abril de 2024

Após denúncia do MPCE, homem é condenado a 21 anos de reclusão por matar o próprio irmão em Iguatu

A 1ª Vara da comarca de Iguatu condenou, na última terça-feira (20/02), José Elidomar Pereira Lima a 21 anos, 10 meses e 15 dias de reclusão por matar o próprio irmão a facadas no município. O Tribunal do Júri acatou as teses da 1° Promotoria de Justiça de Iguatu, do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE).

Segundo os autos do processo, o crime ocorreu na madrugada do dia 11 de janeiro de 2022. A vítima estava consertando o telhado de sua casa, quando o réu, armado com uma faca, ameaçou o próprio irmão. Ao descer do telhado, José Elidomar Pereira Lima esfaqueou a vítima. De acordo com a denúncia do MPCE, o réu não aceitava o fato de a vítima ser homossexual. Após o homicídio, José Elidomar fugiu.

O réu vai cumprir a pena em regime inicialmente fechado, com base no artigo 121, parágrafo 2, inciso I e IV do Código Penal Brasileiro. Foi negado, ainda, o direito de o réu apelar em liberdade, por ser um crime grave de homicídio qualificado, de motivação torpe.

Outros Posts