terça-feira, 16 de abril de 2024

Setembro Amarelo: autocuidado com saúde mental e alimentação é foco de bate-papo no Cisp

Mais empatia e escuta. Duas palavras que podem transformar e salvar vidas, foram o ponto de partida para um diálogo sobre saúde mental, realizado nesta sexta-feira (15), com colaboradores e servidores da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e suas vinculadas. O encontro, alusivo ao Setembro Amarelo, foi pensado pela Assessoria de Assistência Biopsicossocial (Abips/SSPDS) e Coordenadoria de Gestão de Pessoas (Cogep/SSPDS), e aconteceu no Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp).

Sob o olhar atento da plateia, o encontro foi aberto pela banda Prevenção e Arte, da Polícia Militar do Ceará (PMCE). Em seguida, o secretário Executivo de Planejamento e Gestão Interna da SSPDS, Adriano de Assis Sales, destacou a importância de se colocar no lugar do outro. “Muitas pessoas passam por situações no dia-a-dia, e se fecham no seu mundo próprio, não conseguindo sair dessas dificuldades. E o Setembro Amarelo veio exatamente para trazer uma reflexão, para trabalhar a empatia nas nossas vidas, nas vidas das pessoas e da sociedade como um todo”, disse.

A coordenadora Municipal de Valorização e Proteção da Vida (CMVPV) do Eusébio, Rosa Maria Mesquita Leite, lembrou que o preconceito afasta, sobretudo os homens, do autocuidado. “Os homens precisam se olhar mais, se cuidar mais. Então, meninos, olhem para suas questões. Cuidar da saúde mental não é somente para mulheres. Vocês também precisam se cuidar. Precisamos olhar para o homem com mais humanidade e sensibilidade”, pontuou.

O cuidado com a saúde mental proporciona uma boa qualidade de vida. Mas pode ser executado com outras iniciativas para maximizar os efeitos positivos do autocuidado. “Não comemos apenas por questão de sobrevivência. Não é só isso. O nosso cérebro, ele age de acordo com o que a gente come. Logo, o cuidado com a alimentação também implica na nossa saúde mental”, detalhou a nutricionista Elisa Castro.

Além do secretário Executivo de Planejamento e Gestão Interna da SSPDS, Adriano de Assis Sales, também participaram do bate-papo: o perito geral adjunto da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), Átila Einstein Oliveira; o diretor de Pesquisa e Avaliação de Políticas de Segurança Pública (Dipas), Colombo Cirqueira; o chefe de gabinete da SSPDS, tenente-coronel da Polícia Militar do Ceará (PMCE), Cristiano Lins; a coordenadora da Abips, Bruna Gadelha; o coordenador da Cogep, tenente-coronel PMCE, Teógenes Coelho; entre outros.

Abips

Durante o bate-papo com os servidores e colaboradores, a coordenadora da Assessoria de Assistência Biopsicossocial (Abips), Bruna Gadelha, reforçou o funcionamento do equipamento e sua importância para a Segurança Pública. “Esse espaço é de vocês. Para nós, que fazemos a Abips, é muito importante ter vocês, cada vez mais próximos. Por isso, convido a todos a participar dos nossos serviços”, disse.

Abips funciona dentro do Cisp e dispõe de atendimentos psicológico, psiquiátrico, fisioterapia e assistência social.

Outros Posts