quarta-feira, 17 de abril de 2024

Sesa faz balanço de cirurgias eletivas; fila está reduzida em 60% em relação a janeiro

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) anunciou, na tarde desta quinta-feira (3), que a fila por cirurgias eletivas está reduzida em 60% em relação aos dados de janeiro de 2023. As informações referentes ao Plantão Cirurgias foram divulgadas pela titular da Saúde, Tânia Mara Coelho, em transmissão ao vivo em rede social da pasta. A força-tarefa para realizar os procedimentos envolve a Rede Sesa e unidades credenciadas.

“O intuito do mutirão é reduzir a fila de cirurgias eletivas, compromisso do governador Elmano de Freitas”, lembra.

Durante a live, a gestora estadual falou também sobre o andamento das parcerias com outras unidades de Saúde. O mutirão está dentro do Plano Estadual de Redução das Filas de Cirurgias Eletivas, Exames Complementares e Consultas Especializadas na rede pública de Saúde e deve contemplar, em todo o Ceará, aproximadamente 45 mil procedimentos em unidades de saúde parceiras, considerando os financiamentos estadual e federal.

Em 31 de janeiro de 2023, cerca de 68 mil pessoas constavam em cadastro nos sistemas de regulação do Estado e do município de Fortaleza para a realização de cirurgias eletivas. Com os mutirões e as operações de rotina, considerando ainda a busca ativa que identifica pacientes que já não precisam e aqueles não localizados, a lista atualizada tem menos de 27 mil pessoas. “Esperamos que até o fim do ano consigamos alcançar o máximo de redução da fila de cirurgias. Vamos aumentar a velocidade enquanto tivermos mais unidades credenciadas. Atualmente, 60 hospitais e clínicas estão aptos a realizar os procedimentos”, disse a secretária Tânia Mara Coelho.

Clínicas, hospitais polo, hospitais municipais (em convênio com o governo estadual) e outros equipamentos de saúde se inscreveram por meio de chamamento público. As especialidades contempladas são: Oftalmologia, Ortopedia, Otorrinolaringologia, Cirurgia Geral, Gastroenterologia, Ginecologia, Urologia, Nefrologia, Neurologia e Vascular.

Cadastro

Durante sua fala, a gestora da Saúde reforçou que pacientes que estão na fila aguardando por uma cirurgia eletiva precisam atualizar o seus cadastros. “É muito fácil de fazer, você pode ligar para nossa central telefônica da Sesa, através do 0800.280.5110 ou então acessar o aplicativo Ceará App“.

Cirurgias Eletivas

Cirurgia eletiva é aquela programada, que não é considerada de urgência. O paciente vai em uma consulta, é indicada uma possibilidade de cirurgia e, posteriormente, a pessoa é encaminhada para um serviço especializado. Esse serviço especializado vai ter um cirurgião daquela área ou um especialista que vai indicar, efetivamente, se o paciente precisa ser operado.

As unidades da rede estadual com perfil cirúrgico seguem realizando procedimentos eletivos em paralelo à execução do Plano, o que contribui para a redução gradual da fila.

Os pacientes com indicação cirúrgica passam por triagem com base em critérios de urgência e gravidade, conforme o Swalis (Surgical Waiting List Info System) – em português, Sistema Informatizado de Lista de Espera para Cirurgia.

A fila tem caráter dinâmico, visto a quantidade de operações realizadas e o cadastro de novos pedidos diariamente. Por isso, a Sesa também atualiza constantemente os bancos de dados, a fim de evitar possível duplicidade de informações.

Outros Posts