domingo, 03 de março de 2024

Preso suspeito de baixar e armazenar conteúdo pornográfico infantojuvenil

Em continuidade às ações de combate à criminalidade, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) cumpriu, nesta quinta-feira (3), um mandado de busca e apreensão, que resultou na prisão em flagrante de um homem de 46 anos. O trabalho policial ocorreu no município de Sobral – Área Integrada de Segurança 14 (AIS 14) do Estado. O alvo é suspeito de cometer crimes previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), relativos ao armazenamento e à propagação de vídeos com conteúdo pornográfico envolvendo crianças e adolescentes.

As investigações iniciaram na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Sobral e tiveram apoio do Núcleo de Inteligência Policial do Departamento de Polícia Judiciária de Proteção aos Grupos Vulneráveis (DPJGV) da PC-CE. As equipes de policiais civis receberam informações para o cumprimento do mandado de busca e apreensão expedido pelo 5º Núcleo da Regional de Custódia e Inquérito, com sede em Sobral. No momento do cumprimento do mandado de busca e apreensão, o suspeito foi preso em flagrante por baixar conteúdo pornográfico infantojuvenil.

No imóvel, os policiais civis apreenderam um computador, 37 CDs, seis pendrives, seis HDs e um celular. O material será encaminhado à Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce). O homem foi autuado em flagrante pelo crime previsto nos Artigo 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), por adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente. Agora, ele se encontra à disposição da Justiça.

A Polícia Civil não divulgou o nome do suspeito para para preservar as vítimas.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o telefone (88) 3677-4282, da DDM de Sobral.

As informações também podem ser encaminhadas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Outros Posts