quinta-feira, 23 de maio de 2024

Equipe do Ceará Credi apresenta oportunidade de crédito acessível para alunos do curso MEI

O sucesso de um microempreendimento depende de vários fatores, mas dois deles são fundamentais: conhecimento e crédito. Para contribuir com o avanço socioeconômico do Ceará e garantir que os microempreendedores individuais (MEIs) tenham acesso a esses dois fatores, a Universidade Estadual do Ceará (Uece) oferece o curso de Microempreendedor Individual, realizado no âmbito do programa federal Qualifica Mais Progredir/Pronatec. Agora, tem também a parceria com o Programa de Microcrédito Produtivo do Governo do Estado (Ceará Credi), da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece).

Nas últimas semanas, a equipe do Ceará Credi iniciou uma série de palestras sobre o programa nas 45 turmas do curso de Microempreendedor Individual que estão em andamento pela Uece, beneficiando 1.800 pessoas em sete municípios cearenses: Caucaia, Crato, Fortaleza, Itapipoca, Juazeiro do Norte, Maracanaú e Sobral.

Durante os encontros, os estudantes conheceram melhor o programa e as possibilidades e modalidades de crédito ofertadas. A ideia é que os estudantes concluam o curso com a qualificação necessária para abrir ou desenvolver o próprio negócio, e também com o conhecimento sobre as possibilidades de acesso ao crédito mais acessível e orientado para os pequenos negócios cearenses.

A equipe do Ceará Credi se apresentará a todas as turmas do curso. Até agora, já foram 14 turmas. As demais serão visitadas após o recesso do mês de julho.

“Você une aquilo que é considerado o círculo perfeito do processo de capacitação. Você capacita para o empreendedorismo e oferece o crédito popular para esse futuro ou atual empreendedor. Hoje, todo e qualquer programa de capacitação, se não incluir a possibilidade do crédito, fica pela metade. Não adianta apenas certificar, é necessário garantir que essa pessoa capacitada possa ter acesso ao crédito e tocar o seu negócio existente ou abrir o seu negócio. Esse é o espírito. Essa parceria faz com que a equipe do Ceará Credi visite todas as turmas e apresente o programa para os nossos alunos em capacitação, destacando as possibilidades e as modalidades de acesso ao crédito”, destaca o reitor da Uece e coordenador geral do Pronatec/Funece, professor Hidelbrando Soares.

Conforme o reitor, além dos estudantes do curso MEI, a parceria com o Ceará Credi possibilita que qualquer aluno da Uece, seja da graduação ou da pós-graduação, tenha a possibilidade de acessar esse crédito. “É uma iniciativa muito alvissareira, pois garante capacitação com crédito ou a possibilidade de crédito”, reforça.

Parceria

A parceria entre a Uece e o Ceará Credi, por meio da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE), foi firmada em dezembro de 2022.

Com a parceria, a Adece, responsável pela operacionalização do Ceará Credi, passou a oferecer aos alunos formandos da Uece o crédito para os interessados em desenvolver o próprio negócio.

Curso MEI

As aulas do curso de Microempreendedor Individual tiveram início em maio deste ano. O curso possui carga horária de 160 horas/aula e tem como público-alvo pessoas maiores de 18 anos, com ensino fundamental (9º ano) completo e, preferencialmente, beneficiários do Bolsa Família.

Durante o curso, os participantes aprendem sobre como se formalizar, os benefícios e obrigações da formalização, noções de finanças, marketing, administração e gestão de pessoas.

Outros Posts