sábado, 02 de março de 2024

Em 1ª reunião do secretariado, governador discute prioridades e destaca parcerias com Governo Federal

O Governador Elmano de Freitas conduziu, na tarde desta quarta-feira (11), a primeira reunião com os secretários de Estado de seu governo. O encontro ocorreu no Palácio da Abolição, e teve o objetivo de discutir os principais focos da gestão estadual.

Antes do início do encontro, o chefe do Executivo estadual falou à imprensa sobre o desafio de governar o Ceará e as prioridades do governo, em especial na área da saúde. “Nós temos prioridades estabelecidas na campanha eleitoral, eu destacaria o mutirão de cirurgias, que essa semana já devemos ter uma proposta mais detalhada para realizarmos esse mutirão no Ceará. Efetivamente faremos isso articulado com o Governo Federal, já que existe a mesma demanda por meio do presidente Lula”, destacou Elmano.

Com um cenário recém saído de uma pandemia, onde a insegurança alimentar é um problema nacional, Elmano de Freitas enfatizou o compromisso com o combate à fome. “Ontem, já estive com o ministro Wellington Dias para, daqui a algumas semanas, já podermos iniciar a campanha contra a fome. Essa campanha será articulada com a sociedade civil. Nós não queremos que seja apenas uma campanha do governo, queremos que seja da sociedade, onde o Estado participa, ajuda e colabora. Mas nós queremos chamar o setor empresarial, as igrejas, as associações, prefeitura, para que possamos articular uma campanha contra a fome junto a assistência social, onde as pessoas possam acessar os programas de assistência e isso servir para a superação da pobreza e da extrema pobreza, no Ceará e no Brasil”, pontuou o governador.

A vice-governadora e secretária da Mulher, Jade Romero, fez questão de frisar o compromisso assumido com o povo cearense, depois da vitória em primeiro turno das eleições. “Eu tenho certeza que existe um propósito para todos nós que estamos aqui reunidos, que é sempre lembrar quem nos trouxe até aqui, que é o povo cearense, que merece a nossa atenção. Temos que sempre lembrar que nosso trabalho é servir as pessoas, de poder escutar, todo gesto que fazemos, toda política que implementamos, fica e transforma vidas, transforma nosso Ceará”, enfatizou a vice-governadora.

Desafios e Oportunidades

Logo na abertura da primeira reunião do secretariado, o governador destacou o momento atual na política brasileira. “Não imaginamos um cenário político tão desafiador nesse início de mandato, com tudo que está acontecendo no Brasil. Tivemos uma reunião positiva com todos os governadores do País, onde todos compreendem a defesa do Estado Democrático de Direito. Essa democracia permite que consigamos melhorar a vida do nosso povo. Temos como resultado o fortalecimento da nossa força democrática”, pontuou.

O secretário da Fazenda do Ceará, Fabrizio Gomes, concordou com o cenário desafiador que o Estado, apesar do bom histórico fiscal, irá enfrentar. “Será um ano desafiador, como o próprio governador falou. Primeiro, a gente vem de uma estrutura política que deixou uma conta muito grande no Governo Federal, onde foi preciso elevar o orçamento. Isso vai repercutir em certa insegurança do investidor. Então, você já tem um cenário econômico mundial tendo sinais de recessão, que vai impactar também no Brasil. Então a gente tem que analisar neste primeiro semestre qual o movimento econômico, qual o movimento dos investidores, para saber como o cenário vai se comportar”, explicou o secretário.

No entanto, para além dos desafios, também foram destacadas as possíveis oportunidades que serão dadas ao Ceará com esse novo momento do Governo Federal, um cenário diferente do vivenciado pela gestão anterior. “É importante que tenhamos muita organização no nosso governo, para estarmos prontos para apresentar todas as iniciativas que possamos fazer com o Governo Federal. Nós temos que dar conta, do aspecto administrativo, de aproveitar a oportunidade histórica o máximo para o povo do Ceará”, enfatizou o governador Elmano. “Temos que aproveitar muito essa oportunidade”, completou.

Dentre as oportunidades pontuadas, a área da educação, com o atual ministro Camilo Santana, foi uma das citadas. A secretária Eliana Estrela falou sobre os pontos principais desse início de gestão. “A nossa prioridade é continuar com essa recomposição de aprendizagem, reimaginando esses espaços de aprendizagem, já que tivemos uma perda significativa na pandemia. Essa recomposição continua sendo prioridade na educação, além do Busca Ativa, para zerar de vez o abandono e fortalecer o tempo integral”, ressaltou.

Outra área de destaque, a Segurança Pública, também sinalizou o caminho por onde a gestão deve seguir. “Temos o planejamento de investir em inteligência, seja na própria Secretaria, na Polícia Militar ou na Polícia Civil, também temos o objetivo de reforçar o próprio Copac (Comando de Prevenção e Apoio às Comunidades), que é essa polícia comunitária de aproximação, reforçar a atuação da polícia nas divisas e no interior. Mas requeremos fortalecer, principalmente, a inteligência”, pontuou o secretário da Segurança Pública e Proteção Social, Samuel Elânio.

Ao fim da reunião, o governador Elmano de Freitas reafirmou o compromisso de fazer um Ceará melhor. “Nós temos que ter muita força, nós tivemos uma grande aprovação popular e temos uma oportunidade de melhorar mesmo a vida do povo cearense. As expectativas sobre nosso governo são elevadas, nós temos tudo para dar certo, temos as mais variadas experiências com o entendimento comum que temos que fazer o melhor no nosso Estado. Vamos dar a nossa contribuição para o Ceará ser um Estado mais justo e melhor”, finalizou.

Outros Posts