quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024

Tradição e Arte. Há 24 anos, Sandra Sobral é a responsável pela pintura da bandeira de Santo Antônio

No próximo domingo, 04, Barbalha se pintará de cultura e tradição com o cortejo e hasteamento do pau da Bandeira de Santo Antônio. Um dos símbolos da festa, a bandeira do padroeiro do município já está quase pronta para tremular na Rua da Matriz.

Há 24 anos, a restauradora de imagens sacras, artista plástica e professora aposentada, Sandra Sobral, é a responsável pela pintura da bandeira de Santo Antônio. “Eu comecei a pintar a bandeira após uma promessa que fiz pela saúde do meu filho. Ele sofreu um acidente e correu risco de perder uma de suas penas. Meu filho passou quatro meses internado e saiu saudável do hospital. Então prometi que os os anos de vida que Santo Antônio me der eu vou pintar e fazer a doação da bandeira”, explicou Sandra.

‌Em Barbalha há a tradição das doadoras das bandeiras. Segundo a artista plástica, antigamente, as doadoras realizavam colagem da figura de Santo Antônio no tecido e, após os festejos, a bandeira era descartada. A partir de 1999, já com Sandra Sobral, a bandeira ganhou características artísticas. Na época, o pároco Padre Simonetto, solicitou que a artista conservasse as bandeiras da festa, considerando-a como a guardiã das bandeiras de Santo Antônio.

Atualmente, além de Sandra, Lourdes Lunna também participa do processo de doação da bandeira. “Fizemos uma parceria, a Lourdes faz a doação do tecido e a costura final. Eu [Sandra] entro com toda a parte artística”, explicou.

‌A inspiração da imagem de Santo Antônio vem por meio de muita oração. “Sempre faço minhas orações antes de iniciar a pintura. As vezes, ganho santinhos e imagens do nosso padroeiro das pessoas e as tenho como inspiração”, explicou. Para 2023, a artista escolheu a imagem definida por sua neta, Jade Ariel.

‌“Esse ano a imagem partiu da minha neta Jade. Ela chegou um dia com um santinho e pediu para que fosse a imagem da bandeira desse ano” . De acordo com Sandra Sobral, a Jade herdará a tradição da pintura da bandeira de Santo Antônio futuramente. “Já estou preparando a Jade para receber essa tradição. Já iniciei o repasse dos meus conhecimentos para ela. Esse ano, ela já acompanhou o processo. E nos próximos, quero inseri-la em todo o processo”, afirmou.

‌Tradição da assinatura dos nomes na bandeira:

‌Além do famoso chá casamenteiro, feito com pedacinhos do mastro da bandeira de Santo Antônio, a festa do padroeiro de Barbalha também tem a tradição da assinatura dos nomes na bandeira oficial da festa.

‌Tradicionalmente, as pessoas assinam o verso da bandeira com seus nomes pedindo graças. “Santo Antônio não é só santo casamenteiro. Minha promessa, por exemplo, foi pela saúde do meu filho. Sempre falo, ao assinar a bandeira olhe para Santo Antônio e fala um pedido que nosso padroeiro interceda uma graça”, ressaltou Sandra.

Outros Posts