segunda-feira, 22 de julho de 2024

Realização de testes e ações educativas marcam Campanha Dezembro Vermelho cratense

No último sábado (3), a equipe da Secretaria Municipal de Saúde do Crato, por meio do Centro Municipal de Infectologia, o SESC, a Associação Caririense de Luta contra a Aids e o grupo Ilê Asé Omo Ayê realizaram ações educativas e testagem junto à população cratense, no centro da cidade, como parte da programação da campanha Dezembro Vermelho. Além dos profissionais, voluntários e parceiros, o vice-prefeito André Barreto e a vereadora Mariângela Bandeira também participaram da manhã de mobilização.

Anualmente, o mês de dezembro é dedicado para a luta contra o vírus HIV e a Aids. Dentre os objetivos do Dezembro Vermelho, estão enfatizar a prevenção, a assistência e a proteção dos direitos das pessoas infectadas com o HIV. Durante todo o mês, serão realizadas atividades e mobilizações relacionadas ao enfrentamento ao HIV/Aids em diversas Unidades de Saúde.

Programação

06/DEZ

8h | USF Sinobilina Peixoto – Realização de teste rápido e roda de conversa.

8h30 | USF Muriti II – Roda de conversa e realização de teste rápido.

17h | USF Amélia Pinheiro – Roda de conversa.

07/DEZ

9h | USF CAIC – Realização de teste rápidos e roda de conversa.

17h | USF Alcides Peixoto – Realização de teste rápido e roda de conversa.

18h | USF Edite Mariano – Educação em saúde, teste rápido e consulta médica.

08/DEZ

8h | USF Vila Alta – Realização de teste rápido e roda de conversa.

8h | USF Monte Alverne – Realização de teste rápido e roda de conversa.

9h | USF Dom Quintino – Roda de conversa, testes rápidos e consulta médica e da enfermagem.

13h | USF Muriti III – Realização de teste rápido e roda de conversa.

09/DEZ

* USF Ponta da Serra – Roda de conversa. E realização de teste rápido durante todo o mês de dezembro, exceto nas segundas-feiras

8h30 | USF Baixio das Palmeiras – Roda de conversa e realização de teste rápido.

10/DEZ

9h | USF Ponta da Serra III – Vila São Francisco – Roda de conversa, realização de teste rápidos e consulta médica.

12/DEZ

8h | USF Vila Padre Cícero – Realização de teste rápido e palestra com a enfermeira.

8h | USF Recreio – Realização de teste rápido e educação em saúde.

9h | USF Riacho Vermelho – Realização de teste rápido, roda de conversa e café da manhã.

9h | USF Grangeiro 2 – Realização de teste rápido e roda de conversa.

13/DEZ

17h30 | USF N. S. Fátima I e II – Realização de testes rápidos, entrega de preservativo, aferição de pressão, teste de glicemia e consulta médica.

16/DEZ

9h | USF Malhada – Roda de conversa.

19/DEZ

8h | USF Fábio Pinheiro – Na Associação do Conjunto Habitacional 10 de abril – Realização de teste rápido e roda de conversa.

21/DEZ

8h30 | USF Santa Fé – Roda de conversa e realização de teste rápido.

17h | USF CEMIC – Realização de teste rápido, roda de conversa e consulta médica.

26/DEZ

8h | Mercado Walter Peixoto, em parceria com o SESC – Roda de conversa e realização de teste rápido.

HIV/Aids

A Aids é a doença causada pela infecção do Vírus da Imunodeficiência Humana (da sigla em inglês HIV). Esse vírus, do tipo retrovírus, ataca o sistema imunológico, que é o responsável por defender o organismo de doenças.

Os pacientes soropositivos, que têm ou não Aids, podem transmitir o vírus a outras pessoas pelas relações sexuais desprotegidas, pelo compartilhamento de seringas contaminadas ou de mãe para filho durante a gravidez e a amamentação, quando não tomam as devidas medidas de prevenção. Por isso, é sempre importante fazer o teste e se proteger em todas as situações.

Em Crato, as pessoas diagnosticadas com HIV são acompanhadas pelo Centro Municipal de Infectologia, onde encontra-se o Serviço de Atendimento Especializado (SAE), com acompanhamento de infectologista e outros profissionais.

O atendimento e o tratamento HIV/Aids são gratuitos nos serviços de saúde do SUS.

Prevenção

O uso do preservativo (masculino ou feminino) em todas as relações sexuais (orais, anais e vaginais) é o método mais eficaz para evitar a transmissão do HIV, além das Infecções Sexualmente Transmissíveis e das hepatites virais B e C.

A prevenção combinada abrange o uso do preservativo masculino ou feminino, ações de prevenção, profilaxia pós-exposição ao HIV, imunização para HPV e hepatite B, prevenção da transmissão vertical de HIV, sífilis e hepatite B, tratamento antirretroviral para todas as pessoas vivendo com HIV, redução de danos, entre outros.

Outros Posts