segunda-feira, 15 de julho de 2024

Crato discute ações para o fortalecimento das Casas de Sementes Crioulas

Fortalecer as Casas de Sementes Crioulas. Foi com esse objetivo que a Secretaria de Desenvolvimento Agrário e Recursos Hídricos, da Prefeitura do Crato, realizou uma reunião, nesta segunda-feira,06, na Associação dos Criadores do Cariri.

Participaram representantes das Cáritas Diocesana de Crato, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Instituto Flor do Piqui, Rede de Intercâmbio de Sementes da região, Associação Cristã de Base, IFCE e agricultores dos distritos de Ponta da Serra, Monte Alverne e Santa Fé.

Atualmente, apenas 3 Casas de Sementes seguem ativadas no Município. Estão localizadas nas comunidades do Chico Gomes, Batateiras e Baixio das Palmeiras. No Cariri, são 13. A troca de experiência entre elas foi uma das ações propostas, durante a reunião, para o fortalecimento dos equipamentos, visando a valorização e conservação de sementes crioulas.

“Livres de transgênicos, elas têm grande importância nutritiva, além do valor histórico de preservação dos costumes da ancestralidade. Outra vantagem é que, por serem adaptadas às características locais, são mais resistentes às pragas mais comuns, à seca ou à chuva, por exemplo”, explicou o Secretário Givaldo Gonçalves.

Nesse sentido, foi discutida também a possibilidade de implantação de uma casa do milho e seus derivados, como pamonha, cuscuz e canjica, dentro do Parque de Exposições Pedro Felício Cavalcanti.

“Foi uma discussão rica, necessária. Trouxe muitas ideias. Vamos avaliar e definir as melhores estratégias para retomarmos a cultura das sementes crioulas nos plantios”, pontuou o Secretário.

Outros Posts