sábado, 24 de fevereiro de 2024

Banda Old Tape comemora 4 anos com show no SESC Juazeiro nesta quinta-feira (29)

A banda Old Tape realiza nesta quinta-feira (29), a partir das 19h, no SESC Juazeiro do Norte, o Old Fest, um show com uma programação especial repleta de convidados da música alternativa do Cariri para comemorar o aniversário de 4 anos da banda. Os ingressos podem ser adquiridos pelo WhatsApp (88) 99980-0140 ou pelo Instagram da banda, e o valor simbólico é de 2 kg de alimentos não perecíveis a serem entregues na entrada do show.

A banda foi criada em 2018 por cinco jovens (o vocalista Jan Souza, o baixista Iran Sousa, o baterista Edson Araújo, e os dois guitarristas André Carvalho e Lucas Carvalho) que têm em comum o gosto musical e que queriam trazer à tona a boa musica que ficou um pouco esquecida com o passar dos anos. O repertório da banda é bem diversificado, indo de Red Hot Chili Peppers, passando por Cazuza, Barão Vermelho, e chegando a Michael Jackson e Backstreet Boys.

Em entrevista exclusiva para o Portal Badalo, Jan Souza falou sobre a trajetória da banda e sobre as dificuldades de se manter uma banda alternativa na região.

“As dificuldades na vida de músicos no Brasil são grandes, e ainda mais no Ceará, por falta de apoio; pelo estilo (Rock), que é o carro chefe da banda. [Passamos] muitas dificuldades para encontrar casas que nos recebam dentro da nossa proposta, já que a banda tinha a ideia de participar de eventos como festivais e festas temáticas, mas com a falta de oportunidades fomos indo um pouco para os bares, os poucos bares que ainda abrem as portas para o repertório que fazemos”, disse o vocalista.

A ideia para o Old Fest surgiu da vontade e necessidade de comemorar a sobrevivência e o crescimento da banda no cenário local, mesmo com dificuldades. “A ideia de fazer um show comemorativo veio das vivências que tivemos, quatro anos intensos, e os percalços que tivemos de enfrentar, sendo que manter uma banda de pé por si só já é complicado, e ainda mais com a pandemia no meio disso tudo, sem shows, sem renda e sem apoio por parte do poder público”, disse Jan.

Para Jan, o apoio dos fãs é muito importante para seguirem com a banda, mesmo com todos os percalços. “A nossa sensação é de que estamos sendo abraçados por muitas pessoas, que fazem barulho mesmo por nós, no bom sentido, e que essas pessoas nos mantêm de pé, nos dando o combustível para manter firme e forte o nosso trabalho”, ressaltou.

Depois de 4 anos de estrada, a banda quer seguir levando a música alternativa para mais regiões do Cariri, do Ceará e do Nordeste, e também com a intenção de trabalhar mais suas músicas autorais.

Outros Posts