quinta-feira, 18 de julho de 2024

BNDES Garagem seleciona 45 startups para aceleração

 

Quarenta e cinco startups (empresas emergentes) de todo o país foram selecionadas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para aceleração em 2023, no terceiro ano do programa BNDES Garagem, desenvolvido pela instituição e executado pelo Consórcio AWL (Artemisia, Wayra e Liga Ventures).

Todas as regiões brasileiras foram contempladas, sendo 51,1% das startups selecionadas são da Região Sudeste; 33,4% do Nordeste; 11,1% do Norte; 2,2% do Sul; e 2,2% do Centro-Oeste.

Ao todo, o programa recebeu 1.141 inscrições. Os nomes das startups selecionadas serão anunciados oficialmente nesta terça-feira (25) pela instituição financeira.

Dentre as 45 startups, 91,1% são lideradas por pessoas diversas em gênero ou raça. Desse total, 80% apresentam diversidade de gênero e 64,4% têm diversidade racial em seus quadros de sócios. Do total de empreendimentos selecionados, seis mostram serviços e soluções voltados exclusivamente para o público feminino, atendendo ao edital que, neste ano, ofereceu pontuação extra para soluções voltadas para mulheres.

“Desde a confecção do programa, já havia a intenção de ter toda essa diversidade. Desde o primeiro edital, a gente vem fazendo iniciativas para atrair o público diverso e essas iniciativas foram evoluindo, amadurecendo. Acho que os números, novamente, mostram isso”, disse nesta segunda-feira (24) à Agência Brasil o gestor do Consórcio AWL, Felipe Alves. No ano de lançamento do programa, em 2021, foram identificados entre as startups selecionadas 37% de mulheres e 17% de diversidade racial. Em 2022, foram 35,2% mulheres e 35,3% diversidade racial.

Entre as iniciativas implementadas com essa finalidade está a pontuação adicional dada no edital para empresas emergentes que apresentam diversidade de raça, gênero ou região. Além disso, o mais importante é ter muitos inscritos de todo o Brasil, de vários perfis diferentes.

“A gente divulga o programa no Brasil inteiro. Neste ano, foram efetuados vários eventos regionais para mobilizar lugares fora do eixo Rio de Janeiro/São Paulo. Tudo isso ajuda na mobilização e atração de pessoas diversas. Nossas bancas de seleção possuem diversidade racial e de gênero para garantir que não seja só uma intenção no papel, mas que todo o programa tenha essa diversidade.”

Parcerias regionais para divulgação do programa, como organizações com foco em minorias e diversidade, contribuíram para o resultado alcançado. O gestor afirmou que, na questão regional, 40% das startups selecionadas são do Nordeste e Norte do país, resultado muito acima da média de mercado de programas de empresas emergentes como um todo. “A gente fez um trabalho bem intensivo e conheceu o ecossistema, conversou com atores locais e vários parceiros nos apoiaram”.

Gratuidade

O programa BNDES Garagem é inteiramente gratuito e apoia empreendedores e seus negócios de impacto em dois estágios: tração, para quem já tem um negócio de impacto e quer apoio para crescer, e criação, para quem está desenvolvendo um negócio de impacto e quer apoio para dar os primeiros passos.

Durante o período de aceleração, as empresas emergentes vão receber apoio individual de especialistas, com acesso a mentores para aconselhamento e resolução de desafios; conteúdos sobre vendas, investimento e impacto; serviços gratuitos e subsidiados oferecidos por parceiros; produtos, marketing digital e captação de recursos. Na parte final do programa, os empreendedores começam a ter acesso a conexões com potenciais investidores e empresas públicas e privadas que possam se interessar em conhecer esses negócios e fazer parcerias, acordos comerciais.

“Além de capacitar, o programa acaba sendo uma vitrine das startups para o mercado como um todo. Fazer reunião com uma startup com o selo do BNDES Garagem torna tudo mais fácil para os interessados em dialogar. É um filtro que a gente faz para o mercado.”, disse o gestor.

Encontros

Haverá três encontros presenciais no Rio de Janeiro, com passagens e hospedagem dos empreendedores subsidiadas pelo BNDES. Outros encontros serão realizados de forma virtual. O programa de mentoria começa em 7 de agosto, com duração de quatro meses para a modalidade tração, e de três meses, para criação. Ao final desse processo, duas participantes que se destacarem no estágio de tração e criação receberão prêmios de R$ 30 mil e R$ 20 mil, respectivamente.

Felipe Alves informou que as empresas continuam participando de uma rede de ex-aceleradas. O BNDES seguirá coletando dados a respeito delas para avaliar o impacto do programa ao longo da vida das ‘startups’ e, também, oferecendo benefícios e oportunidades de parceiros que vão surgindo ao longo do tempo. “A gente encerra o programa, mas continua ainda interagindo com essa rede que se forma e que já tem hoje mais de 150 startups já aceleradas pelo programa”, informou Felipe Alves.

Selecionadas

A lista das startups selecionadas inclui, na modalidade tração: 4 Hábitos – Brasília (DF), AçaíMaps – Macapá (AP), Amazon Biofert – Macapá (AP), AppJusto – São Paulo/ (SP),

Arco – Porto Alegre (RS), Atlas Florestal – Mogi das Cruzes (SP), Bio – Ribeirão Preto/ (SP), Deveras Amazônia – Santarém (PA), Escritor para o Futuro – Nova Lima (MG), Fazer Orçamento – São Paulo (SP), Flori Tech – Rio de Janeiro (RJ), G&P Finanças – São Paulo (SP), Grupo Muda – São Paulo (SP), Mais Solidário – Salvador (BA), Mais1Code – São Paulo (SP), Mindsun – João Pessoa (PB), naPorta – Barueri (SP), NoHarm.ai – Porto Alegre (RS), Olha o Peixe! – Pontal do Paraná (PR), Sincroniza Educação – São Paulo (SP), Social Visão do Bem – Rio de Janeiro (RJ), Super NINA – Recife (PE), Todas Group – Rio de Janeiro (RJ), Ven Libre – São Paulo (SP), Zero Esgoto – Irupi (ES).

Na modalidade criação, as selecionadas são: Amitis – Maceió (AL), Avia! – Nova Olinda (CE), Compensei – São Luís (MA), DuMeio – Jaraguá do Sul (SC), Formmer Afro – Maceió (AL), Gamezônia – São Luís (MA), Go Beesiness – João Pessoa (PB), iUUL – Rio de Janeiro (RJ), Manas Digitais – Belém (PA), Marias S/A – São Paulo (SP), Mogno Earth – Abaetetuba (PA), Mulheres Connectadas – Matriz de Camaragibe (AL), Olabisi – Laboratório Criativo – Salvador (BA), Simplicitude – Coaraci (BA), Sinclus – Eusébio/ (CE), SOL – Soluções Inteligentes – Caicó (RN), Stardust Zone – São Paulo (SP), Tunu Saúde – Salvador (BA), Ubuntu Labs – São Paulo (SP), Visão Coop – Queimados (RJ).

Outros Posts